Anúncios

TheBoss Extra 017: Tokyo Game Show 2014

Anúncios

TheBoss 036 – Child Of Light

TheBoss Extra 008 – Tokyo Game Show 2013 (Parte 1)

Amigos do Cosmic Effect, apresentamos Leandro Tuzuki. Ele é um brasileiro que mora no Japão e, por um acaso do destino, possuía um ingresso para a Tokyo Game Show deste ano.

Munido de um tablet, ele mais que gentilmente nos leva a um exclusivo passeio pelo maior evento de videogames do Japão e, claro, um dos maiores e mais importantes deste planeta em que vivemos.

Senhores: Tokyo Game Show, com Leandro Tuzuki!

Cosmic Cast #45 – Silpheed & Project Sylpheed

Silpheed, um jogo de nave exclusivo (nos consoles) da Game Arts para o SEGA CD e Project Sylpheed, um presente da Square Enix exclusivo para o Xbox 360, que conta com, entre os desenvolvedores, parte da turma que produziu o original para o acessório do Mega Drive.

Viaje conosco neste tiroteio espacial de alto calibre, seja em 2D com vetores de baixíssima resolução ou em três dimensões com resolução HD e cutscenes padrão Square Enix em um shmup 3D.

Mini-Reviews: Final Fantasy XIII (Xbox 360)

Análises com um máximo de 1.000 caracteres para você ler enquanto toma um café

Fãs e críticos espinafraram este jogo por ser linear demais: você passa o tempo quase todo andando por corredores sem muitas opções de exploração. Mas esse também é o maior trunfo de FFXIII, que corta todas as “gordurinhas” típicas de RPGs.

A trama, movimentadíssima, segue que nem uma flecha do início ao fim, sem nunca perder o pique (coisa rara em RPGs). Os personagens não são lá grandes coisas, mas são unidos por uma luta desesperada por suas vidas, que somada à mecânica otimizada dos combates dá ao jogo um ritmo invejável.

Com o sistema de paradigmas, você não precisa escolher magias nas batalhas: apenas diz “você é o healer e você é o cara das magias de ataque” e pronto, o jogo escolhe as magias com base nas suas ordens.

Parece fácil? Não é: até as batalhas comuns são desafiadoras e exigem um uso criterioso dos paradigmas, senão é derrota na certa. Quem anda meio de saco cheio dos excessos do gênero como eu vai amar; os demais devem passar longe.


TheBoss Extra 006 – Unboxing E Review Completo Do OUYA!

Amigos, o OUYA chegou. Vamos conhecer juntos um novo console de alguma geração de videogames inumerável…

TheBoss 010 – Tomb Raider

A volta da renovada Lara Croft em mais uma franquia que pressionou o botão do reset.

E não é que a Crystal Dynamics produziu um título à altura da fama da moça? Aliás, depois de jogar o novo Tomb Raider, está muito difícil outra personagem de videogame chegar perto da beleza, digo, do carisma da charmosíssima inglesa Lara Croft.

Bônus: uma versão para PC de um jogo tipicamente “consolista” como há muito não se via. Mas, voltando à Lara: que cabelos…

TheBoss 010

Tomb Raider