Anúncios

Gagá, agora em 3D…S!

Como vocês já sabem, no ano passado eu cometi a heresia retrogamer suprema de comprar um Xbox 360. Agora, disposto a ser definitivamente excomungado da Igreja Retrô, comprei um portátil moderno! Sim, um 3DS XL, vermelho, com 396 gramas! It’s a boy! E a compra foi um parto, diga-se de passagem.

Comprei via Mercado Livre, porque o preço estava muito bom. Recebi lacradinho, bonitinho, mas… o direcional estava partido ao meio! Holy shit, nunca vi nada parecido. Falei com o vendedor, que era nível platina (NUNCA comprem coisas caras com vendedores que não sejam platina, amiguinhos), e felizmente ele confiou na minha palavra e não criou problemas. Mandei o 3DS de volta e ele trocou por outro numa boa. É como eu costumo dizer: problemas acontecem em qualquer loja, o importante é como a loja resolve o problema. Portanto, agradeço à turma da NEROSHOP por não duvidar da minha palavra e trocar o portátil numa boa.

Direcional partido ao meio? Taí uma coisa que a gente não vê todo dia.

Concluído o “momento merchan”, vamos ao que interessa…

Por que comprei? O que achei?

O Danilão já fez um vídeo bacanudo falando sobre o 3DS em si, então não vou me ater muito a explicações sobre o hardware. Em vez disso, vou falar sobre o que achei do 3DS e de alguns de seus recursos, além dos motivos que me levaram a comprá-lo.

Decidi comprar o 3DS porque minha vida está cada vez mais corrida, e para um gamer casado e atarefado é bem mais fácil acomodar jogatinas rápidas num portátil do que num console de mesa. Às vezes a esposa precisa de um help aqui em casa, ou chega alguma visita de repente… com o 3DS, nunca mais serei xingado por dizer coisas como “peraí paixão, eu tenho que achar um save”: agora é só fechar o portátil, o jogo fica em stand-by no ponto em que estiver. Além disso, posso jogar na cama quando vamos dormir, ou na cozinha quando ela resolve fazer um bolo e quer um pouco de companhia. É perfeito para o meu casamento, e deve funcionar igualmente bem (ou até melhor) se um dia tivermos um filho.

Achei o efeito 3D interessante, mas não uso muito. É preciso manter o portátil à sua frente no ângulo certo, e qualquer mexidinha já faz tudo ficar dobrado na tela. Além disso, sou magrelo e o 3DS é bem pesadinho (quase duas vezes mais que meu antigo DS Lite), então meu “braço graveto” cansa se eu não mudar de posição ou não apoiar o portátil nas pernas. Com isso, nem sempre consigo o ângulo ideal.

3dsxl3DS XL, o portátil mais sexy de todos os tempos

Para piorar, acho o 3D meio cansativo. Força a vista, eu fico meio enjoado… também me aconteceu algo engraçado outro dia: joguei por uma hora com o 3D ligado e fui trabalhar logo em seguida. Quando sentei na frente do computador, tive a impressão de que o texto estava saltando do monitor ^_^ Foi engraçado, mas fiquei com a impressão de que o 3D pode fazer mal à minha vista. Por isso, faço uso criterioso do efeito, ligo só em momentos nos quais ele parece interessante. Ou, no caso de jogos como Mario 3D Land, onde o 3D realmente melhora a experiência, jogo com o efeito num nível bem fraquinho.

Curiosamente, notei que gosto mais do efeito 3D em jogos com jogabilidade 2D. Em Power of Illusion, por exemplo, o efeito dá ainda mais beleza aos cenários caprichados, e não cansa a vista. Já no Luigi’s Mansion, o 3D logo me deixa meio enjoado. Acho que o resultado varia de pessoa para pessoa, cada um tem um nível de tolerância diferente ao efeito.

Se o 3D não me atraiu muito, o tamanho do portátil me agradou. O modelo XL é bem grandão, e meus dedos enormes se sentiram super em casa.

Uma central de diversão para power gamers

Antes de falar sobre os jogos propriamente ditos, permitam-me destacar algumas ferramentas que fazem parte do sistema padrão do 3DS. São ferramentas tremendamente interessantes, e acho que elas não recebem a atenção que merecem — eu sequer sabia que elas existiam até ver o Danilo mencionar algumas no vídeo dele. Vamos lá.

Para começar, adorei a ferramenta para anotações sobre jogos. Jogando Metroid, por exemplo, posso colocar o jogo em segundo plano, abrir a ferramenta de anotações e escrever com a caneta: “Voltar na tela x depois de encontrar o tiro de gelo”. Eu sou do tipo que joga com caderno ao lado para anotar essas coisas, então o 3DS facilitou as coisas para mim. A cereja no bolo é que o 3DS cria blocos de notas específicos para cada jogo, você nem precisa ficar salvando em pastinhas específicas ou escolhendo o arquivo de notas que quer abrir. Tá jogando Zelda, abriu o programa de anotações, só aparecem as notas sobre o Zelda. Adorei.

notas_do_3dsUma das minhas anotações sobre Link’s Awakening

Outra coisa ótima é que você pode deixar o jogo em segundo plano e abrir o navegador de internet. Isso é PERFECT para jogos mais complexos, porque você pode deixar aquela página marota do GameFaqs aberta enquanto joga, ou postar suas dúvidas sobre o jogo nos fóruns da vida. Só tenha em mente que o navegador é meio limitado: ele abre meus emails do Gmail numa boa, mas não roda vídeos do YouTube.

A ferramenta de anotações e a possibilidade de consultar guias enquanto jogo me deixaram muito feliz, porque sou um power gamer e antes precisava de caderno, caneta e notebook para “power jogatinas” de Metroid, por exemplo (qualquer dia mostro para vocês minhas copiosas anotações sobre Metroid Prime). Para mim, ter tudo isso concentrado no portátil me faz ter a sensação de que o bichinho foi “tunado” para power gamers como eu, e não só para o público casual, como muitos imaginam quando se fala em portáteis.

No momento, estou viciado no “Troca-Cartas”, um programinha pré-instalado que permite trocar mensagens com os amigos que têm 3DS. Sou péssimo desenhista, mas adoro desenhar mensagens nesse negócio. Pobres das almas que ousam mandar seus friend codes para mim; volta e meia eu as “presenteio” com a minha “arte”.

troca_cartasAndo pensando em abrir um kickstarter para financiar um livro com as minhas artes. Vocês acham que vai colar?

Conforme você vai usando o Troca-Cartas, novos recursos vão aparecendo, incluindo a possibilidade de desenhar em 3D, anexar imagens e gravar mensagens de voz. Claro, você pode fazer tudo isso com muito mais liberdade mandando um email pelo seu computador, mas as limitações do 3DS te estimulam a fazer coisas mais doidas e criativas! Mas posso esperar pela chegada do MiiVerse ao portátil!

Dois joguinhos já vêm instalados. Um é o Face Raiders, que põe o jogador para atirar em rostos voadores. O grande barato é que os inimigos aparecem voando literalmente ao seu redor, já que o cenário é capturado pela câmera do 3DS! Parece besteira, mas eu acho engraçadíssimo atirar num rosto que está sobrevoando o teclado do meu computador. É para jogar em pé, porque você precisa virar a câmera do portátil para tudo que é lado, fica rodando que nem um louco. Mas o divertido mesmo é que os rostos dos inimigos na verdade são fotos que você mesmo captura. Comecei com uma foto da minha esposa, mas ela ficou brava por me ver atirando nela (^_^), então busquei uma abordagem diferente: capturar rostos de celebridades em revistas. No momento, estou me divertindo um bocado atirando no Bruce Willis, no PSY e no Tiririca. Não funcionou com a Marilyn Monroe e a Jennifer Lawrence, porque eu simplesmente não conseguia atirar nelas :)

faceraidersFace Raiders Gangnam Style!

O outro jogo é aquele de realidade aumentada, vocês já devem ter visto no vídeo do Danilo ou em outros lugares. A gente vira a câmera do 3DS para umas cartinhas especiais que acompanham o portátil, e todo tipo de maluquice começa a acontecer. Pensei que esse negócio de realidade aumentada fosse besteira, mas que diabos, funciona bem demais! É muito legal ver a Samus se mexendo sobre a mesa da cozinha, é cool demais para a gente ignorar.

Enfim, acho que as ferramentas e os games incluídos no portátil mostram bem o motivo da Nintendo ser a líder nesse mercado. Ela fez um portátil totalmente focado na diversão; absolutamente tudo nele gira em torno dos jogos. Até o aplicativo de troca de mensagens parece um joguinho, com recursos que são destravados aos poucos ou comprados com moedinhas que você adquire andando com o 3DS pela rua. Um show o aparelho, estou adorando.

E os jogos?

No momento, tenho três cartuchos: Super Mario 3D Land, Luigi’s Mansion e Mickey Mouse: Power of Illusion (este último comprei para a esposa, e ela está adorando). Vou falar mais sobre eles seguindo o meu atual esquema de mini-reviews aqui no Cosmic Effect, aguardem.

Como de costume nos consoles da Nintendo, os jogos mainstream custam caro, quase tudo é no mínimo 100 reais. Mas porém contudo entretanto, rolam promoções no eShop, para quem não se incomoda em comprar jogos digitais. As promoções nem de longe são boas como as do Steam, mas quebram um galho. Outro dia mesmo o Shin Megami Tensei: Soul Hackers tava por 60 reais, o que é um valor razoável.

eshop_3dsHá muitos jogos divertidíssimos no eshop do 3DS por preços bem razoáveis

Já títulos lançados exclusivamente em formato digital aparecem por preços bem melhores. O eShop está entupido de jogos excelentes vendidos a dez reais ou menos, vale a pena conferir. Mesmo com pouca grana, você nunca vai ficar sem ter o que jogar no portátil. Além disso, há algumas demos disponíveis, e você acaba descobrindo que jogos que pareciam bobos na verdade são muito divertidos (oh God, eu preciso comprar aquele Theatrhythm Final Fantasy).

O Virtual Console é uma delícia. Não vou ser hipócrita, é óbvio que um retrogamer como eu já jogou muita ROM em emulador no PC, mas jogar jogos de Game Boy e Game Gear na tela do 3DS é just perfect. Simplesmente não tem graça jogar esse tipo de jogo no PC, eles foram feitos para telinhas pequenas. Mas tem velharias de NES também, e volta e meia pintam versões 3D de títulos antigos. A SEGA e a Capcom estão empolgadíssimas com a ideia de lançar seus jogos em 3D, e estão prometidas para breve versões de Sonic, Streets of Rage, Mega Man e muitos outros jogos.

Conclusão

Fiquei muito satisfeito com o 3DS XL. A imagem é muito boa, os controles são ótimos, adoro os recursos que ele me oferece e sinto que vou me divertir com ele por muitos anos.

Como o 3DS é um portátil muito louco, nele eu tenho vontade de jogar só coisas doidas. Testei o Resident Evil: Revelations e achei fantástico, paquerei um pouco o Shin Megami Tensei IV, mas ando com vontade mesmo é de comprar jogos pirados que eu nunca compraria no Xbox: Hora de Aventura, Apenas um Show, o Final Fantasy musical esquisitão que citei antes… no Xbox eu quero jogar coisas épicas, mas no 3DS eu quero é muita piração. O portátil parece ter sido feito para a minha metade gamer que não cresceu, e eu estou achando isso o máximo. Mas se você quer “epicidade”, pode cair dentro também, porque não faltam jogos com altos níveis de produção e atmosfera. O 3DS é um sucesso justamente no ponto em que o Wii U vem se mostrando um fracasso: há uma enorme abundância de jogos para todos os tipos de público. Difícil é escolher no que você vai gastar, porque não faltam opções.

E você, já tem 3DS? Então me adicione e una-se ao grupo de privilegiados que recebem meus incríveis desenhos ^_^ Aí vai o meu Friend Code: 2809-8281-5208.

Anúncios

56 Respostas

  1. O ruim dos Friend Codes é que tem que adicionar devolta. Então adiciona o meu aí, Gagá: 4253-4504-3648

    Curtir

  2. Grande Gaga, parabéns pela aquisição, realmente o 3DS é o mais indicado para nossa atual condição de vida ( casado, sem tempo pra nada e endividado$ até a morte). Confesso que vejo com tristeza a atua situação da Nintendo, onde a mesma esta fazendo um excelente trabalho com os portáteis, porém deixando muito a desejar nos consoles de mesa. Nunca fui muito fã de portáteis, mas pelo jeito que as coisas vão, irei me render a pequeno notável da Nintendo. Não fosse a pequena coleção de aparelhos antigos que tenho aqui ( que ainda curto muito) e o PS3 com vários jogos de qualidade sendo prometidos para esse e o prox. ano, já teria catado um 3DS também. Agora falando da parte ruim, os preços praticados em jogos desse aparelho é de arrancar os cabelos do dedão do pé, pagar mais de R$ 150,00 num lançamento é pra poucos corajosos, e o pior e observar que boa parte da biblioteca já existente os preços ainda estão proibitivos. A solução é a importação , mas as taxas alfandegarias e as receitas estaduais me deixam com o pé atrás.

    Curtir

    • Pois é, o Wii U tá conservador demais… nem reclama do lance da Nintendo ficar reciclando franquias (a gente já conhece a Nintendo, sabe que ela é assim), o que mata é que ela não está usando o controle de maneiras criativas com essas franquias. Parece que nem a Nintendo sabe por que diabos meteu aquela tela no controle.

      Eu bem que queria comprar um Wii U, mas a Nintendo realmente não me deu bons motivos até agora. Acho que a compra por aqui vai depender de três jogos: Zelda, Metroid e X (o RPG da Monolith, de Xenoblade). Se esses três forem especiais como eu espero que sejam, aí eu compro. Até lá, fico com o 3DS mesmo, que tá uma delícia. Aliás, a Nintendo às vezes tropeça nos consoles de mesa, mas nos portáteis ela sempre acerta, né?

      Quanto ao preço dos jogos, acho uma vergonha também, mas pelo menos agora volta e meia pinta algo grande por um preço menos obsceno no eShop. Em caso de aperto, o lance é comprar um ou dois cartuchos, jogar até zerar e aí trocar lá no site do Troca-Jogo. Fiz muito isso com o meu Xbox 360.

      Curtir

  3. ah! ía me esquecendo. O Theatrhythm Final Fantasy está em promoção no Play-Asia. Mas é só até terça-feira:

    http://www.play-asia.com/theatrhythm-final-fantasy-paOS-13-71-18m-49-pt-70-4osv.html

    Kingdom Hearts também está:

    http://www.play-asia.com/kingdom-hearts-3d-dream-drop-distance-paOS-13-71-18m-49-pt-70-4iel.html

    Curtir

    • Tô sabendo, Moisés, mas valeu por avisar!

      Já tem uns dias que preparei este texto, e um ou dois dias depois de escrever o jogo apareceu em promoção no PlayAsia. Tô enrolando porque pagando um pouco mais tenho frete de graça, então quero ver se aparece algo mais de relevante na promoção relâmpago do site. No momento é um jogo de PS3, mas vai mudar em trinta minutos… cruze os dedos!

      O Kingdom Hearts me interessou, nunca joguei nenhum jogo da franquia. Só que dei uma pesquisada e li duas coisas que me desanimaram: primeiro, que é confuso até para quem acompanha a série. Segundo, que quase não tem personagens da Disney :(

      Curtir

  4. na boa, espero que esta “modinha” de 3D passe logo… pra min é uma PORCARIA….tanto em filmes, tanto pra jogos…tenho o 3DS, mas nunca consegui jogar mais que 3 min com o 3d ligado… prefiro mais o jogo em alta definição, do que esse lisho de 3D….

    Curtir

    • Tô contigo, eu também preferia que um 2D mais bonito que um 3D incômodo, rs… mas vez ou outra até que é bacaninha ligar o efeito. Incluir o controle deslizante para regular o 3D foi uma ótima ideia.

      Curtir

    • E mais que eu já OUVI FALAR que o 3D consome quase o dobro do processamento do portátil. Imagina se eles abandonarem esse conceito? O 3DS na teoria ficaria mais poderoso graficamente.

      Alguém pode confirmar se essa informação procede?

      Curtir

  5. Aêêêêê!!! Sabia que era uma questão de tempo até o Orakio se render ao 3DS! =D

    É incrível como, desde quando a Nintendo se aventurou pelos portáteis (aliás, o primeiro “videogame” da Big N foi um portátil – ou pelo menos, uma série de portáteis =D), ela não encontra nenhum adversário a altura. E olha que várias empresas já se candidataram a destroná-la.

    Além de todas as vantagens citadas pelo Orakio e pelo Danilo, o 3DS possui mais um detalhe que não pode passar desapercebido: a retrocompatibilidade com os jogos do DS. Isso torna, junto com os jogos do 3DS, do Virtual Console (apesar de ter ainda a esperança – remota – de ter disponível algum dia os jogos do Game Boy Advanced) e do eShop, a biblioteca de jogos disponíveis quase que infinita.

    E para cumprir a minha tarefa de fazer os meus amigos ficarem mais pobres e felizes, aqui vai um gostinho do meu mais novo vício:

    E se o espetacular vídeo não convenceu, aqui vai mais um dado: O jogo foi produzido e criado pelo mesmo cara que criou, dentre outros shoot’em ups, Ikaruga! O preço pode parecer um pouco alto para um jogo do eShop (R$ 30,99), mas acredite, vale cada centavo, é difícil e desafiador como todo shoot’em up deve ser e tem uma longevidade comparável a um jogo físico.

    Ah, aqui vai o meu Friend Code: 2320-7163-1023. Vamos ver se os meus mais de 200 horas de jogo em Advance Wars: Days of Ruin e também em Mario Kart 7 me qualificam em um duelo on-line.=D

    Curtir

  6. Cara, eu tinha CERTEZA de que você ia pegar o Kokuga, rs…

    Eu confesso que tava esperando algo mais ao estilo Ikaruga, 2D, bem frenético. Quando vi que era com gráficos 3d e com movimentação livre eu desanimei um pouco…

    Adicionando você agora, mas ainda não tenho Mario Kart nem Advance Wars :(

    Curtir

  7. E esqueceu de falar mais mais importante: a continuação de A Link to the Past tá chegando aí pro 3DS!!! o/

    Curtir

    • Verdade. É que têm tanta coisa para falar sobre o 3DS que a gente sempre esquece de citar algo!=D

      Curtir

      • Esse jogo foi um dos motivos para eu comprar o meu 3DS… na verdade, eu decidi comprar depois daquele Nintendo Direct onde, dentre outras coisas, anunciaram o Zelda.

        Curtir

  8. O quê? Agora o Gagá foi longe demais! Um 3DS? :-)
    Parabéns pela aquisição, Gagá! E com essa telona melhor ainda! Joguei pouca coisa no 3DS, mas aquele recurso de realidade aumentada é bem legal mesmo. E o fato de poder jogar games antigos também é uma boa pedida. Boa jogatina! :-)

    Curtir

  9. Uow, mandou bem gagá. Mas vem cá, que sacanagem é essa de fazer só um mini review desses jogos. Faz um review completão e bonitão do estilo que rolava no gagagames. Por favor?

    Curtir

    • Sabe o que é, Guilherme, é que eu ando com uma preguiça violenta de fazer posts longos, rs… toda vez que eu ia escrever algo, desanimava e acabava não escrevendo nada. Então, em vez de sumir da internet, resolvi escrever textos menores. É até divertido, é bem desafiador escrever algo relevante com tão poucos caracteres, he he… além do mais, o review é pequeno, mas aí o papo começa a comer nos comentários, e no embalo do que vocês dizem eu acabo expandindo bastante a minha opinião.

      Deve ser só fase, qualquer dia eu me animo e volto a encher o saco de vocês com aqueles textos enormes, rs… abração!

      Curtir

  10. Eu comprei meu 3ds tem + ou – um mês e não me arrependo. Não consigo jogar sem o 3d ligado, n vejo sentido comprar o 3ds e não usar o efeito, que ao meu ver dá um experiência diferente ao jogo quando utilizado. Como a grana está curta tenho apenas o Mario Kart 7 (recomendo a todos, até agora o melhor da franquia na minha opnião, com um multiplayer robusto q infelizmente falta em alguns outros jogos do 3ds) e Zelda OoT. Penso em adquirir agora RE Revelations e Monster Hunter 3. Gagá me adicione aí meu Friend Code: 2723-9295-0625

    Curtir

    • É como eu disse, cada um tem uma tolerância diferente ao efeito de 3D. Acho que o mais importante é que o console é divertido, poderoso e bem projetado. É isso que faz com que nós dois (eu que não curto o 3D e você que curte) gostemos tanto dessa belezinha. O 3D é só a cereja no bolo da experiência. Para quem gosta, maravilha; mas eu nunca curti muito cereja :P

      Quero comprar o Zelda mesmo, é meio que obrigatório ter esse na coleção. O Mario Kart eu gosto muito, mas depois que joguei o Sonic Racing Transformed no Xbox, complicou: gostei muito mais dele do que qualquer Mario Kart que eu já tenha jogado. E mais uma vez, questão de opinião, né?

      Revelations eu adorei a demo, tô pensando em comprar também. Monster Hunter é simplesmente fantástico, mas um pouco complexo demais para o meu cérebro limitado, rs…

      Curtir

      • Me disseram mesmo q esse Sonic Racing é muito bom. Pena eu ter um pc modesto e ainda n pude jogá-lo. Quanto ao Zelda, Gagá ,como vc falou, é quase item obrigatório, sensacional. Estou cruzando os dedos para sair um Metroid e um Megaman (classic, por favor!) para o 3ds. Não custa nada sonhar… enquanto isso esperando, ansiosamente, Super Smash Bros

        Curtir

        • Também estou na torcida por um Metroid… o engraçado é que no 3DS eu prefiro um Metroid clássico, e no Wii U eu prefiro um Metroid da série Prime.

          Quanto ao Mega Man, também espero por um novo jogo, mas outro dia entrei no eShop e vi que tem um montão de jogos da série no Virtual Console do 3DS! Vou pegar vários, porque até hoje só zerei mesmo o primeiro e o Mega Man X.

          Curtir

  11. Hey Gaga! Que bom que agora somos do clube 360+3DS !

    Segue meu Friend Code : 0345-0653-1176

    Eu jogo bastante os dois Resident Evil, então a gente pode se encontrar para uma partida uma hora dessas!

    Fernando Fenero

    Curtir

    • Grande Fernando! Adicionado!

      Vendo seu status online… hmmm, jogando Pro Evolution Soccer… raios, arranjei outro amigo que provavelmente sabe jogar bola melhor que eu :P

      Curtir

  12. Parabéns Gagá!Um portátil é muito interessante para jogatinas em todo lugar.E a biblioteca do 3DS está ótima!

    Curtir

  13. Só passando pra recomendar Shin Megami Tensei Soul Hackers e o IV. Sério mesmo que não queira nada sério uma hora você vai se render ao poder demôniaco desses dungeon crawlers magnifícos senhor Gagá.

    Curtir

    • Mais cedo ou mais tarde eu vou acabar comprando o SMTIV. Sou apaixonado pelo SMT de Super Famicom, sei que não vou resistir por muito tempo, rs… também estou de olho no Etrian Odyssey, talvez pegue esse remake do primeiro que tá para sair.

      Curtir

  14. Ótimo post Gagá. Mas vem cá, não pensou em comprar um PSVita? O que acha dele, comparando com o 3DS? Pq já que não curte o efeito 3D, ele é tecnicamente muito superior, não? Os games em tese tb; Pergunto pq volte e meia me coço pra comprar um dos 2 :-)
    Abrs!

    Curtir

    • Tecnicamente o Vita é superior, e de fato o 3D não faz diferença para mim no 3DS, mas isso não significa que os jogos do Vita sejam melhores. Até tem jogos lá que me interessam, mas o acervo do 3DS me atrai muito mais.

      Se o Vita tem jogos que te interessem, então provavelmente vai ser um bom investimento, independente do portátil estar indo mal das pernas e estar sendo malhado pela imprensa. Quando comprei meu Wii, tava todo mundo xingando a Nintendo, dizendo que o console tinha pouca variedade de jogos etc, e eu me diverti pra diabo com ele. Vai do gosto de cada um, é questão de sentar, analisar a lista de jogos e ver se vale ou não para você.

      Curtir

      • Valeu Gagá. Pesquisei bastante e realmente o 3DS está muito interessante… Agora é negociar com a patroa aqui… hehehe
        Abrs!

        Curtir

        • Não esqueça da regra básica dessas situações: diga a ela que estava na promoção por metade do preço ^_^

          Curtir

          • Gagá, depois de muita pesquisa adivinha… Compre o dito cujo! Cara, é realmente fantástico, consegui já uma boa biblioteca de jogos por excelente preço, então a ideia é brincar bastante com ele pra me segurar um bom tempo até comprar um PS4 ou XONE em um estágio bem maduro dessa nova geração. Só uma coisa, sou exceção à regra, pois o 3D não me cansa nada na maioria dos jogos e em grande parte deles jogo com o 3D o tempo todo e no máximo, e pra mim acrescenta mta na experiência, sou grande entusiasta de 3D e realidade virtual, como já mencionei pra vc falando do Oculus Rift.
            Agora q vou iniciar as jogatinas online, entao me adiciona aí, e quem mais quiser é só falar aí que eu adiciono de volta.
            Friend Code 5172-0840-6327

            Curtir

  15. Me adicione ai Gagá
    Nick Bitelo
    Friend code 2750-1169-1931

    Curtir

  16. Ei seu velho traidor do movimento retrogamer como ousa???
    Eu tambem vou entrar não muito em breve, mas a Nintendo parece ser a única que se importa com retroplayers. Seu safado quando tiver tempo me passa seu endereço para eu mandar sua encomenda e tambem me passa a lista de jogos de Mega Drive que voce tem pois consegui mais de 70 cartuchos e tem alguns repetidos, vai querer?
    Excelente matéria, só falta a porcaria de meu Pc Engine aqui pra eu ficar muito feliz.
    Abraço velhaco!!!

    Curtir

    • Meu próximo objetivo é a heresia máxima: tirar uma foto usando o Oculus Rift! Aguarde! ^_^

      Bom, a Nintendo é sempre meio retrô, né? E eu estou curtindo muito os jogos do Virtual Console. Conheço pouquíssimo de Game Boy e Game Gear, e no momento estou curtindo Shantae (jogaaaaaço de GBC) e Zelda Link’s Awakening (GBC). Assim que fechar um dos dois, vou pegar o Shining Force de Game Gear.

      Opa, e eu sou louco de recursar esses cartuchos todos? Deixa comigo, vou mandar a lista.

      Curtir

      • Nem me fale, tb sou um retrogamer que está traindo o movimento (nao tenho um console novo desde o SNES, juro)… Tb estou doido pelo Rift, torcendo pra sair no PS4, que estou inclinado a comprar, mas se a parceria fosse com a Microsoft, nao sei se nao repensaria a escolha para o One… Mas vou esperar até mais da metade do ano que vem para os novos amadurecerem. Enquanto isso acho que pego um DS3.
        Abrs!

        Curtir

        • Eu morro de vontade de experimentar o Rift. Acho esse negócio de realidade virtual o máximo, e tá todo mundo elogiando tanto…

          Curtir

      • mais não é todos viu pois alguns vou passar pra outro camarada, me passe que os que estiverem repetidos eu te mando sem custo nenhum junto com o que te prometi.
        de nvas consegui um super nintendo, um outro mega e um dynavision, tiger heli é muito loko rsrsrsrs. abraço

        Curtir

  17. Mesmo depois de tudo isso ainda existe o supercard dstwo pra alegria geral da moçada!

    Curtir

    • À parte das questões legais, usar flashcards no 3DS me parece meio furada. A Nintendo atualizada o firmware de tempos em tempos, o que acaba inutilizando o cartão.

      Curtir

      • Gagá, quando a nintendo atualiza o firmware o update para o dstwo sai muito rápido! Geralmente um dia depois. Este cartão tem um fórum muito ativo.

        Curtir

  18. Uai Gagá, bom demais esse tal de 3DS sôhhh…
    Parece até história de pescador de tão legal, agora só falta você me dizer que da pra pedir esfiha nesse trem, ai eu caio pra trás…rs

    Abraço!!

    Curtir

  19. Tô pensando em comprar um 3DS XL e li o seu review só agora. Achei interessante o tal do “Troca-Cartas”, não conhecia. Tenho impressão que o 3DS com 2 anos de vida tem menos jogos interessantes pra mim do que o DS com a mesma idade (quando comprei o meu DS Lite). É praticamente certo que comprarei o Tetris Axis (só R$ 20!) e o VVVVVV e é certeza que adicionarei o Gagá ^_^.

    Curtir

    • É fato que o 3DS demorou bem mais que o DS para engrenar. Eu mesmo só me decidi quando teve aquele Nintendo Direct onde eles anunciaram vários jogos, incluindo o Zelda novo. Mas olha, agora que ele pegou no tranco, eu acho que tá valendo muito o investimento.

      Compra logo para a gente ficar trocando desenhos toscos, rapaz! Abração!

      Curtir

  20. Gága adiciona ai meu FC 3179-6288-1387

    Falow

    Curtir

  21. adiciona o meu FC gaga 1375-7890-9728

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: