Anúncios

Cosmic Cast #46 – Você Conhece Este Atari?

Unboxing (como é possível?) e review do Atari 7800 ProSystem, o último console da era dourada produzido pela empresa que criou a indústria dos videogames. Um episódio feito sob medida para os apaixonados pelos maravilhosos sprites desenhados para os consoles e arcades da década de 80.

Inclui neste episódio: reviews de Centipede, Ms. Pac Man e Pole Position II do Atari 7800, com capturas diretas do sinal RF original do console para o seu YouTube. E mais: aparições-bônus de Pitfall II, River Raid e Grand Prix do Atari 2600, Super Monaco GP do Mega Drive e um incrível jogo de fómula 1 genuinamente explosivo lançado nos fliperamas, no longínquo ano de 1983…

Anúncios

19 Respostas

  1. Ah, primeiro saiu no YT.
    Eu havia procurado aqui para comentar. Bom, agora tá lá.:)

    Curtir

  2. Poxa, este eu nunca vi pessoalmente…
    Fico imaginando eu com este Pole Position 2 em 1986!!!

    Curtir

  3. Até muito recentemente, não tinha noção que existiam modelos diferentes de Atari a ponto de isso impactar nos jogos. São soberbos esses jogos! E a retrocompatibilidade já naquela época devia deixar tudo ainda melhor, já que não era tão fácil assim ter um console em casa, quem dirá 2!

    Parabéns Eric e toda CFX Team!

    Para quem gostou deste vídeo e quiser aumentar seus conhecimentos ou continuar curtindo a nostalgia, recomendo essa série de 3 vídeos com participação do Arnaldo (desta vez falando do 2600):

    https://cosmiceffect.com.br/2012/07/16/cosmic-cast-36-a-magia-do-atari-2600-primeira-parte/

    https://cosmiceffect.com.br/2012/07/26/cosmic-cast-36-a-magia-do-atari-2600-segunda-parte/

    https://cosmiceffect.com.br/2012/07/31/cosmic-cast-36-a-magia-do-atari-2600-terceira-parte/

    E para quem quiser ir além e descobrir como surgiu o nome “Atari”, recomendo esta entrevista com o super simpático criador da Atari:

    http://globotv.globo.com/globo-news/globonews-ciencia-e-tecnologia/v/criador-da-atari-fala-sobre-a-moderna-industria-de-games/2532046/

    Curtir

    • Super Frank, valeu meu velho, você é o cara, obrigado por lembrar à turma do episódio do Atari 2600. (vou aproveitar sua dica e colocar como link no vídeo do youtube).

      Opa e valeu pela entrevista com Bushnell, assistindo agora!

      Curtir

  4. Andrey mais uma vez detonando na abertura,parabéns Andrey!
    Eric parabéns!Agora o SuperConsole está mais super ainda.Tenho certeza que o PC Engine vai protagonizar algum cast histórico no futuro,he he he é um ótimo console e pouco conhecido.
    Eu nunca joguei e nunca vi ao vivo um 7800.Eu joguei num 3DO e segurei em mãos um Jaguar,mas nunca um 7800 kkkk,é o destino.Sempre que tiver uns “erros de gravação” por favor,inclua,o Cast fica mais divertido assim.”Made in Taiwan” :)

    Ah! o bom e velho Dactar,saudades do super clone do Atari 2600.Os primeiros games da Activision na minha vida joguei neste console,sem falar nos cartuchos Dactar com chave seletora,kkkkk,a galera mais nova precisa conhecer esta “engenharia” kkkk,ainda bem que agora está tudo registrado no Cast.

    Eu adoro o Phantom System,joguei muito NES nele.É o console clone de NES,com carcaça do Atari e controle do Mega,se for pra piratear,faça bem feito,kkkk.
    Mais um Cast sensacional com o selo CFX!

    Curtir

  5. Fala grande Eric!
    Poxa eu me empolgando com meu recém Super Nintendo e você fazendo fusquinha com seu Pc Engine raios.
    O meu tá chegando, quando chegar eu te falo. Ah Também consegui um Megão com 75 Cartuchos e muitas fitas de Gameboy, nossa nao tenho mais espaço em casa vixe. O que faço rsrsrsrsrs….

    Atari 7800 só tem um controle que eu diria Horrível, outra coisa é possível jogar com o clássico controle do Atari 2600?
    Voce saberia me dizer quantos jogos foram lançados para ele?
    De resto mais um vídeo de qualidade impar. Keep going!!!

    Curtir

  6. Vocês podiam fazer um ESPECIAL só com as aberturas…

    Aí o final seria uma ABERTURA…

    Curtir

    • @Ulisses Dactar Pode deixar, mais “made in taiwan moments” rs nos próximos… Cartucho brasileiro da Dactar foi escolhido propositalmente neste episódio hein ;-) abs!

      @Ulisses Seventy Eight Fala Ulisses! Sim, o controle de 2600 funciona normalmente, porém como só possui um botão, os (acredito que poucos) jogos que usem os dois sofrerão de “falta de interface” :) mas de fato para jogos como Ms Pac-Man & cia, é escolha melhor na prática. Os hardcores por aí fazem mod do gamepad do Master System para funcionar no 7800, parece ser uma boa. Imagino que menos de 100 jogos foram lançados, quase tudo da Atari mesmo…

      @Eduardo Andrey ouviu isso! :)

      Curtir

  7. Uma coisa que me chamou a atenção foi você falar que completou os consoles que queria ter no SuperConsole… “Já”? rs Pensei que você ainda ia querer mais uns cinco ou seis videogames (ColecoVision? Intellivision? Philips CD-i? Pippin?). Incrível o Atari 5200 ser tão desgraçado que nem hoje vale a pena comprar o condenado por causa do maldito joystick…rs

    Sobre a retrocompatibilidade do Atari 7800… Talvez eu tenha lido mais de uma vez que o PlayStation 2 foi o primeiro a permitir isso… Acredito que o 7800 foi mesmo o primeiro.

    A minha grande dúvida sobre o 7800 é o chip de som do console. Eu não senti isso nos três jogos que você analisou, mas, pelo que escutei no emulador, o áudio me pareceu ser muito precário. Joguei os ports do Donkey Kong e do Mario Bros. e, especialmente porque fica na memória como as músicas são no NES, meus ouvidos protestaram. Como você tem o console em mãos e pode ter uma ideia melhor, sentiu algo de errado nesse quesito? Não sei até se você comprou outros jogos além desses.

    Curtir

    • Grande Alexei, pois é meu caro, claro que sempre tem mais consoles, rs, mas digamos que da “lista principal” realmente acredito que dei por encerrado. Um Intellivision, dos que vc mencionou, seria o que mais gostaria de ter, por exemplo…

      …e, claro, alguns originais japoneses como o SG-1000 ou Famicom….

      …e aí a lista começa a crescer de novo… outro dia conheci o IQUE (o N64 chinês) e já fiquei interessado… rs… por isso que defini uma meta lá atrás que, com o PCE e o 7800, pelo menos aquela meta, completou-se.

      Putz, realmente esqueceram do 7800 quando pularam pro PS2 permitir retro sem uso de acessórios, rs, pobre Atari, rs…

      Sim, e o áudio é do mesmo TIA do Atari 2600 — é realmente muito ruim comparando com SMS e NES, um abismo de diferença. A Atari previa usar “quase sempre” chips de áudio nos cartuchos; na prática, só alguns saíram com chips, como o tal do Commando: http://bit.ly/18q1Htm -> Mesma onda quadrada do SMS aí. A Atari esqueceu de olhar o som do NES e do Master antes de tomar essa decisão… rs

      Atrás do cartucho do Dark Chambers, qualquer coisa te aviso :)

      Curtir

  8. Bem bacana o podcast sobre o Atari 7800. Realmente ele quase chegou a ser fabricado no Brasil pela Gradiente, mas os problemas dele nos EUA acabaram matou a ideia. Pelo menos a empresa brasileira aproveitou o belo design do console para fazer o seu “famiclone”, hehehe… Mas sobre o 7800, impressiona o estado de conservação, mas esse controle é bem esquisito. Até dá pra entender a intenção dos designers da Atari na época em fazer com que o joystick fosse usado normalmente por destros e canhotos, mas parece ruim de usar mesmo que você seja ambidestro…

    Curtir

  9. Onde se lê “matou” o correto é “…nos EUA acabaram matando a ideia”.

    Curtir

    • Valeu João! Pois é meu caro, o joystick é daqueles que cansa só de segurar, rs… não que seja pesado, mas a ergonomia é mesmo aquém do esperado. É curioso, mesmo assim :) mas tudo bem, funciona numa boa com o excelente joystick do Atari 2600 (excelente até hoje, diga-se de passagem) e como a maioria dos jogos dele manteve a simplicidade dos títulos do 2600, um botão é o suficiente :)

      Curtir

  10. Amigos, que abertura foi essa???
    Imaginação do Andrey cada vez mais aflorada, parabéns!!!
    Só joguei Atari 2600 que era do meu irmão mais velho, também nem fazia idéia que existiam outros modelos mais poderosos de Atari, mas aí já era demais mesmo, eu era bem pirralho…hehe
    Adorava River Raid. O som da batida do Enduro é maravilhosa mesmo, era apaixonado pelo som do jogo. Pitfall é lindo demais. PacMan eram altas disputas entre meus irmãos..rs
    Que vídeo gostoso, não é Skol mas desce pra lá de “redondo”, quanta nostalgia…=)
    Valeu Cosmonal por relembrar esses jogos e me ensinar mais um pouco sobre o mundo dos videogames num período que a Chave Comutadora reinava…rs
    Valeu!!

    Curtir

  11. Caramba esse Atari tem os gráficos muito bons! Se não fosse esse controle “peculiar” e o acordo de exclusividade da Nintendo quem sabe né?

    Curtir

    • Não é, Cesar? Se pelo menos houvesse chance de que outras empresas fizessem jogos pra ele… A Atari já estava “cansada”, e ter de criar outros Yar’s Revenge e etc não dava mais, rs…

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: