Anúncios

TheBoss NewGame 006 – Warp

Conheça Warp, jogo com jeitão “indie-retrô” mas publicado pela Electronic Arts e que faz uso da Unreal Engine 3. Com visão “quase isométrica” e jogabilidade 2D, o título se mostra um excelente jogo de ação, plataforma e stealth, com muitos enigmas para serem resolvidos pelo jogador.

Com uma curiosa mecânica de poder entrar em objetos (e pessoas!), Warp é uma excelente pedida para fãs de jogos como Portal, onde toda a trama e o cenário é uma grande desculpa para resolvermos puzzles e mais puzzles.

TheBoss NewGame 006

Warp

 

* * *

Anúncios

8 Respostas

  1. Que jogo sensacional! Ficou legal o fato do laboratório ser no fundo do mar, fico imaginando como o pequeno Zero saira de lá, a referência a Bioshock foi muito boa tambem ehhe. Acho que a maioria dos jogos mais criativos e originais dessa geração vieram das plataformas digitais como a PSN e a Live. Quem reclama que os jogos de hoje em dia são “tudo FPS” e que não sao originais como os de antigamente é porque nunca deu uma passadinha na Live ou PSN.

    Curtir

  2. Existe tantas pérolas na Live e PSN que as vezes me pergunto se conseguirei jogar tudo. E isso, pra mim, coloca em cheque a necessidade de uma nova geração de consoles na minha estante por um bom tempo.

    Curtir

    • Kleber,essa nova geração de consoles vai ter que trazer algo de muito bom mesmo,ou será o começo do fim da forma que conhecemos os video games.

      Curtir

  3. Esse bichinho é muito mau!KKKKK alguém se habilita em levá-lo pra casa como estimação…pra ficar alí ao lado do gato do cachorro ou da calopsita? he he he he acho que não!
    Grande Ralph Baer!!! O mestre pioneiro dos consoles,bem lembrado Eric!O “Genius” virou brinquedo símbolo dos anos 80,assim como o cubo mágico.

    Curtir

    • @leo_jiraya “maioria dos jogos mais criativos e originais dessa geração vieram das plataformas digitais” Sem dúvida, Leo! Aquele brilho de outrora que certos jogos mais intimistas até nos emocionava acontece em muitos dito “independentes”.

      @Kleber snake wings Tem razão Kleber, do ponto de vista gamístico, essa geração ainda “daria e sobrava”.

      @Dactar Caraca Dactar, imaginei as pobres das minhas calopsitas aqui no terror com o Zero, rs… Curioso mesmo o lance de Ralph Baer ter inventado o Genius não é? Esse cara é mesmo um mestre.

      Curtir

  4. Grande Eric e equipe CFX.

    Parabéns por mais uma resenha! Esse jogo eu conheço, também joguei o demo assim que foi lançado e fiquei impressionado com o conceito original e a criatividade dos puzzles.

    Não cheguei a jogar o jogo completo para dar uma opinião mais bem embasada, mas gostei do que joguei.

    Curtir

    • Valeu Marcelão, rapaz, não é empolgante o Warp? Passa batido pelo grande público e mídia, mas nós “trintões” não resistimos a um isométrico com puzzle, taí você confirmando a teoria :)

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: