Anúncios

O Vídeo Do Patreon – Parte 1

Anúncios

Anônymo Gamer 0001 – O Final De River Raid

Este é banner do canal do Anônymo Gamer. Sim, é cortado pela metade assim mesmo, estilo! Clique na imagem para vê-la maior e descobrirá um dos programas de micro-computador que ele utiliza na produção dos seus vídeos!

Amigos do Cosmic Effect: apresentamos Anônymo Gamer. Também conhecido e grafado por ele próprio como Anônymus Gamer ou AnônymoGamerr (com dois “r” mesmo). Ele faz vídeos para o YouTube, ou, em suas próprias palavras: “reviuws para iútube”.

Cena da abertura do vídeo do Anônymo Gamer. Ele nos apresenta o programa de micro-computador utilizado na edição: informação crítica para a compreensão do jogo analisado por parte da audiência!

“Meu Atari quebrou, então vou usar o Stela”

Com uma atitude super positiva perante a audiência (“fala galeeera, aqui é o anônymo gamer”), ele apresenta o processo de produção dos seus vídeos, desde a abertura até a finalização ENQUANTO faz sua análise!

“Olha aqui, o modo rápido.
Passei a tarde toda fazendo isso”

Você saberá os softwares de micro-computador que ele utiliza na produção (Microsoft® Word©! Microsoft® Paint©!); conhecerá todos os problemas que ele enfrentou durante a edição (em futuros episódios, ele promete nos contar suas dificuldades com sua Internet upando vídeo!).

Anônymo Gamer alerta: “Atire na ponte. Não deixe bater na ponte porque não passa por baixo não”. No canto inferior-direito: a taxa de quadros (nesta captura em particular).

Seu gameplay praticamente não possui edição alguma, para que você se sinta lá, jogando! Você poderia estar jogando de verdade, mas confesse: não é muito mais interessante acompanhar o Anônymo narrando objetivamente o gameplay do jogo enquanto ele acontece? Que jogar que nada!

“Você vai devagar, e vai acertando
as coisas. Você vai assim, mano,
você vai devagar, pegando ponto”

O realismo do vídeo é impressionante e Anônymo certifica-se de não cortar nada para você. Tocou o telefone? Atende a ligação e deixa o diálogo presente no vídeo para que a audiência interprete aquela mensagem! Uma espécie de Easter Egg.

“Alô? Não, eu estou gravando o youtube. Valeu”

Alguns trechos do gameplay apresentam a taxa de quadros por segundo exibida pelo software de captura (desconfiamos que seja o FRAPS, mas não temos certeza), outras vezes não. Anônymo nos surpreende a cada segundo no vídeo.

“Acho até que esse avião [de River Raid] foi baseado nesse avião aqui, o MIG-27. Parece né? Que máquina hein mano?”

Informações incríveis que você somente teria acesso lendo o tópico do Wikipedia do jogo, Anônymo lê para você no vídeo: se não sabia, por exemplo, com quantos pontos se ganha uma vida em River Raid, descubra com o Anônymo durante a análise de River Raid.

“Você aperta o botão de tiro
e vai pra direita, isso,
destruiu a ponte com tudo!”

No final do vídeo, o grande mistério é revelado. Anônymo não tem limites. Levou dois dias inteiros jogando River Raid e conseguiu chegar no final! Está capturado e será mostrado no episódio, prepare-se para o extremo!!!

“Cuidado com os helicópteros
que eles são traiçoeiros”

(Fãs de Atari 2600 e cardíacos: o Cosmic Effect aconselha precaução, imagens fortes presentes neste episódio)

“Se você não conhece a
franquia [River Raid],
procure aí no Stela que tem”

Enfim, Anonymo Gamer nos apresenta seus predicados de jornalista gamer e nos oferece análises e “reviuws” (grafado por ele desta maneira, certamente refletindo sua própria abordagem) de qualquer jogo que a gente quiser, no futuro próximo!

“Um abraço aí pro pessoal do
Cosmíc que abriu espaço
pra gente aí, mano”

O Cosmic Effect adverte: Anônymo Gamer é o reviewer que faltava no seu, no meu, no nosso YouTube brasileiro dos games! Você nunca viu igual!

Captura de um dos últimos quadros do vídeo do Anônymo Gamer: a simpática solicitação à audiência, com cores de alto contraste e grafia que não mede esforços com a língua.

ASSISTA AGORA
ANÔNYMO GAMER 0001:
FINAL DE RIVER RAID

Game Music Classics 002 – Zelda II (NES) – Temple Reprise

Pessoal, música Palace Theme (também chamada de Temple) do “patinho feio” da franquia Zelda. Fiz esta versão especialmente para um artigo sobre o jogo no Gagá Games. Espero que gostem!

Game Music Classics 001 – Black Belt (Master System) – Black Medley

Amigos: agora também no canal do Cosmic Effect, as nossas versões de game music que produzimos ao longo de… muitos anos. A maioria delas já pintou por aqui antes em artigos mais detalhados que vocês podem encontrar na seção Game Music do site. Para os que não acompanhavam o CFX anteriormente, será uma oportunidade de mostrar nossas singelas versões de video game music para vocês.

O Andrey batizou a série: Game Music Classics. Ele fez toda a arte para acompanhar a reprodução da música, com espaço para gameplay e a “partitura”. Ficou sensacional! Em breve, novas versões e um pequeno projeto com vídeos onde pretendemos conversar um pouco sobre a música composta para os videogames.

Vamos começar em grande estilo com um medley de duas excelentes faixas de um clássico do Master System: Black Belt. Músicas que deveriam ser performadas pelas orquestras mundo afora que reproduzem música de videogames ao vivo… mas o Master System não gozou de popularidade suficiente para isso acontecer. Fico sentido pelos amantes da boa game music que simplesmente não tiveram o prazer de conhecer as composições de Katsuhiro Hayashi, autor da trilha sonora de Black Belt.

As versões que produzo são totalmente performadas ao sintetizador, produzidas em sequencer “à moda antiga”, sem utilização de bancos de samplers que imitam performances de instrumentos e com todos os arranjos executados ao teclado. Espero que gostem desta nova série, amigos!

Dentro do universo dos  jogos eletrônicos, arrisco afirmar que a video game music é a sétima arte…

TheBoss Informa 020 – Nintendo Direct Na E3 2013!

Amigos, a Nintendo não fez conferência na E3 deste ano mas um Nintendo Direct foi exibido apresentando diversas novidades. Vamos ao resumão padrão TheBoss Informa de qualidade!

TheBoss Extra 005 – Wii U, New Super Mario Bros. U e ZombiU

E aquele dia em que conseguimos um console novo emprestado? Passei um dia com um, ou melhor, DOIS Wii U e aproveitei, claro, para compartilhar com vocês a experiência do console e dos jogos Nintendo Land, New Super Mario Bros. U e o esperado ZombiU.

Papéis De Parede Do Cosmic Effect!

Amigos, a esta altura vocês notaram o novo visual do Cosmic Effect. O CFX Team refez os banners, criou uma tela de fundo… tudo para deixar sua experiência por aqui ainda mais gamística, seja você um jogador somente dos clássicos, um fã das novas gerações ou ambos.

O Cosmic Effect é como o Atari do banner ao lado: 1, 2 e você está curtindo conteúdo, sem enrolações!

Outra mudança foi a integração do canal do YouTube TheBoss, que mantinha nossos vídeos sobre os jogos atuais, ao canal do Cosmic Effect. Agora, somos apenas um site e um canal de YouTube (e um Twitter e uma fanpage de Facebook. Ah, e uma página do Google+!).

Caso você, mesmo já assinando o site Cosmic Effect, possa assinar também o nosso canal do YouTube para ajudar a aumentar o número de assinantes por lá, nós agradecemos.

E falando em vídeos, o FrankCastle atualizou a nossa página fixa “Séries em Vídeo”, que pode ser acessada através da aba acima do banner superior do site. Todos os artigos com vídeo já produzidos por nós estão facilmente acessíveis após o mega-trabalho de organização que o Diego fez por lá. Caso você não conheça o nosso trabalho desde junho de 2010 produzindo vídeos sobre jogos, esta página é a melhor pedida — alternativamente ao próprio canal do YouTube, claro.

Por fim, o CFX Team preparou alguns papéis de parede exclusivos. Vai que alguém resolve nos dar a honra de ornamentar o seu desktop*? ^_^

*Alguns caem muito bem em ambiente mobile também…

CFX GreyPaper Revange CFX GreyPaper CFX UnionPaper CFX WallPaper AppRetro CFX WallPaper Dark CFX WallPaper CFX WhitePaper Revange 1 CFX WhitePaper Revange 2 CFX WhitePaper CFX WowPaper Vertical

Todas imagens acima têm resolução de 1920×1080. Agradecemos muito o apoio que todos vocês têm nos dado e aos elogios que realmente nos estimulam a continuar produzindo este conteúdo, com a melhor qualidade possível. Um abraço a todos e continuem conosco!