Anúncios

Game Music Classics 001 – Black Belt (Master System) – Black Medley

Amigos: agora também no canal do Cosmic Effect, as nossas versões de game music que produzimos ao longo de… muitos anos. A maioria delas já pintou por aqui antes em artigos mais detalhados que vocês podem encontrar na seção Game Music do site. Para os que não acompanhavam o CFX anteriormente, será uma oportunidade de mostrar nossas singelas versões de video game music para vocês.

O Andrey batizou a série: Game Music Classics. Ele fez toda a arte para acompanhar a reprodução da música, com espaço para gameplay e a “partitura”. Ficou sensacional! Em breve, novas versões e um pequeno projeto com vídeos onde pretendemos conversar um pouco sobre a música composta para os videogames.

Vamos começar em grande estilo com um medley de duas excelentes faixas de um clássico do Master System: Black Belt. Músicas que deveriam ser performadas pelas orquestras mundo afora que reproduzem música de videogames ao vivo… mas o Master System não gozou de popularidade suficiente para isso acontecer. Fico sentido pelos amantes da boa game music que simplesmente não tiveram o prazer de conhecer as composições de Katsuhiro Hayashi, autor da trilha sonora de Black Belt.

As versões que produzo são totalmente performadas ao sintetizador, produzidas em sequencer “à moda antiga”, sem utilização de bancos de samplers que imitam performances de instrumentos e com todos os arranjos executados ao teclado. Espero que gostem desta nova série, amigos!

Dentro do universo dos  jogos eletrônicos, arrisco afirmar que a video game music é a sétima arte…

Anúncios

12 Respostas

  1. Holy shit!!!
    Acabei de pisar em casa, cansadão, sexta, semana difícil, tudo que mais quero é tomar um banho e esse post caiu como uma luva, vou jogar esse som no looping infinito do Yourepeat e ficar ouvindo bem alto, demorô, vamos atormentar os vizinhos, viva a GAME MUSIC…hahaha
    Valeu CFX Team!!!

    Curtir

  2. Gostei muito do formato! A disposição das telas e partitura ficaram bem dinâmicas. Não entendo de teoria musical, mas a partitura é só ilustrativa ou são baseadas nas notas mesmo? :-) Só curiosidade mesmo! Quanto a execução da música, ficou ótima! E sabendo do fato que cada faixa de instrumento diferente foi feito “na mão”, valoriza ainda mais a obra.

    Parabéns a todos da CFX Team envolvidos!

    Curtir

    • Ficou legal o visual hein Frank? Só podia ser arte de Andrey, claro. Ele montou tudo isso daí e me mandou pronto, só adicionei a música! a partitura é só ilustrativa mesmo (nota: não leio partitura…). Que bom você ressaltar o lance da execução ao instrumento, fico feliz com o feedback. Abração!

      Curtir

  3. Valeu Cosmonal!!!!!!!
    A gamemusic faz parte da minha vida gamer,ás vezes antes mesmo de lembrar de uma cena ou fase de um jogo,eu lembro da música.
    Digo mais,a música tem um efeito nostálgico pra mim muito maior que o jogo em si,porque o jogo eu me apego ao gameplay principalmente e não pela época em que ele(jogo) foi feito,mas a música…Ah as músicas em geral,de games ou não,tem um forte impacto emocional que remete muitas vezes a épocas distintas.

    Eric,isso era tudo que eu queria ouvir:
    “e um pequeno projeto com vídeos onde pretendemos conversar um pouco sobre a música composta para os videogames”

    Realmente eu sinto falta das suas músicas,faz tempo que vc não produz nada,meu velho.Espero mesmo que esse projeto saia do papel e vire realidade.Você poderia falar também sobre o processo de composição,curiosidades,a história de game composers de jogos famosos(imagine um papo especial sobre Streets of Rage!!!)

    Essa fusão do canal de música ao CFX ficou melhor,muita gente não conhecia aquele canal antigo do YT,até eu não estava mais inscrito porque vc parou de postar lá,agora o pessoal pode conhecer suas versões mais facilmente,pois tá tudo junto.
    Sem dúvida a VGM é a sétima arte sim!
    Quantas músicas épicas e histórias sobre games não fizeram parte da nossa jogatina.Game Music é arte sim!

    O Master System é emblemático pra mim no que se refere a música.Quando saí do Dactar Atari,meu primeiro contato com um console diferente foi o Master.E a coisa mais impactante não foi apenas as cores vibrantes do Alex Kidd,mas foi a MÚSICA!Eu pensava.Como era possível aquele jogo ter tantos efeitos sonoros cativantes? Além daquela música contagiante ao fundo.Tudo perfeito!Só fui prestar mais atenção nos gráficos alguns minutos depois.
    O Master System é um console sensacional para gamemusic,pena mesmo que não teve a mesma força que o NES.
    Valeu Eric!!!

    Curtir

    • Puxa, fico feliz com sua empolgação sobre o “pequeno projeto”, vamos ver se fica legal. Já iniciei um pequeno piloto aqui, em breve amigo. Taí, o impacto de Alex Kidd que você descreveu… fico triste por quem só teve contado com Phanton/Nintendo na época e perdeu de ver aquilo em 88 na sala da casa……. valeu você Dactar.

      Curtir

  4. Eric… sua versão da trilha de Black Belt ficou sensacional!!!
    Sabia que, eu não gosto apenas deste jogo, mas sou um apaixonado por esta pérola de apenas 1 Mega? Ele, junto do Master System, representaram um momento especial em minha vida e que sempre me recordo com muito carinho… foram tempos muitos bons.
    Não vou me estender mais, só deixarei dois links de textos que escrevi para o QG Master, que tem a ver com este tema e explicam o quanto sou ligado em Black Belt.

    Review Black Belt
    http://qgmaster.blogspot.com.br/2012/04/master-review-black-belt-1986.html

    Minha história com o Master System:
    http://qgmaster.blogspot.com.br/2012/04/double-dragon-velho-de-guerra.html

    Até mais!

    Curtir

    • Que bom que gostou Douglas! Pelo que li no seu review, você é mais um membro VIP do fãclube dos temas de Black Belt, mande foto 3×4 para CFX HQ, Salvador, e receberá sua carteirinha em 30 dias! :) Elogio de fã da trilha assim é altamente lisonjeiro, valeu meu amigo. Ah, ainda faço uma versão da trilha underdog+obscura de Last Battle, outro que adoro o jogo e as músicas e acredito que você também. Abs!

      Curtir

  5. Hoje por falta de tempo, não tenho o tempo que gostaria para admirar certas coisas.
    Nossa, foi você mesmo que fez esse cover? ficou muito bom.
    Cara você de verdade deveria ser mais um engenheiro de som e musica cara, pois acredito que deve ter usado seu korg triton, ou algo muito bacana disso.
    Uma sugestão seria postar videos de você tocando mesmo no youtube, seria algo formidável.
    Parabéns pelos seus feitos amigo, o que me deixa muito honrado de ser um amigo seu (acredito).
    Black Belt é especial para mim pois foi o primeiro jogo de Master que joguei na vida e terminei ele de tudo quanto é jeito.
    A propósito, ele é uma versão de um jogo japonês baseado num anime chamado Hokuto no Ken-Fist of The North Star.
    Só que a versão japonesa é bem mais pauleira, que ainda não consegui encerrar pois tem dificuldade maior, mas tô chegando lá.
    Outra coisa tem músicas diferentes e os chefes são os mesmo do desenho animado citado.
    Vale muito a pena conhecer.
    Mesmo assim prefiro infinitamente a versão americana do jogo nesse caso.

    Valeu amigo mais uma vez por nos brindar com essa maravilhosa OST recriada e fantásticamente executada.

    CFX rules!!!

    Curtir

    • Obrigadíssimo Ulisses! Fico feliz com seus elogios. Sempre trabalhei paralelamente com música, tocando ou produzindo algo, o legal é que a própria game music “me ensinou” a tocar, tirar de ouvido, etc… inclusive, o tema do boss de Black Belt é um dos típicos desafios japoneses em se tratanto de harmonias, linhas de baixo… no post original quando fiz esta versão toco neste assunto, caso você e o Douglas tenham interesse:

      https://cosmiceffect.com.br/2010/12/26/game-music-black-belt-black-medley/

      Valeu meu caro Ulisses, em breve mais singelas versões de VGM por aqui!

      Curtir

  6. Ficou sensacional o remix Eric, parabéns! Vc ja pensou em lançar um álbum com todos os remixes que você já fez? Vc poderia fazer a capa e tudo, mais ou menos igual os caras da banda Mega Driver fazem.

    Curtir

    • Já sim, Leo! O curioso é que a arte que Andrey fez para essa série de vídeos com as minhas versões foi, originalmente, feita por ele para isso — um “álbum” com os remixes (aquela imagem logo do início do vídeo, um vinil mais uma fita k7 e tal).

      Mas acabou “ficando pra depois” e passei a publicar aqui mesmo no CFX (caso tenha interesse, clique na aba “Game Music” acima do banner do site e achará diversas versões anteriormente publicadas por aqui, só que com artigos acompanhando cada uma delas).

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: