Anúncios

O Vídeo Do Patreon – Parte 1

Anúncios

Homenagem ao meu pai.

Amigos do Cosmic Effect: permitam-me publicar esta homenagem ao meu inesquecível pai, João Fraga Sobrinho, que se foi no dia 22 de dezembro de 2012.

Games Com Café 004 Parte 2 – Zelda, Metroid e a fase criativa da SEGA

Games Com Café. Dois dos melhores prazeres da vida em um só vídeo.

Neste episódio, percebemos que precisamos de artistas apaixonados pelos jogos que fazem, nada mais…

Games Com Café 004 Parte 1 – Realismo visual é sinônimo de beleza nos videogames?

Games Com Café. Dois dos melhores prazeres da vida em um só vídeo.

Neste episódio: Realismo exacerbado é sinônimo de beleza visual nos jogos de videogame?

TheBoss Informa 15/04/2013 – Especial Xbox 720! Mega Man FPS! Novos Batman! Castle of Illusion!

TheBoss Informa, seu resumo semanal de notícias relevantes e irrelevantes sobre games.

Nesta edição, derrubamos um mito sobre o novo Xbox e erguemos outro em seu lugar; apresentamos não um, mas DOIS games novos do Batman; trazemos Flashback, Castle of Illusion e Prince of Persia 2 de volta do túmulo; e apresentamos o louquíssimo (e canceladíssimo) FPS de Mega Man desenvolvido pelos criadores de Metroid Prime! Essa edição está pelando, pessoal!

Assistam, comentem, e por favor, cliquem no botão “Curtir” do YouTube para ajudar a equipe do TheBoss a viajar para o Japão e dançar a coreografia de Gangnam Style em frente à sede da Capcom!

TheBoss Informa 15/04/2013

 

Links para os vídeos mencionados no programa:


TheBoss 004 – Deadlight

Quando uma empresa novata resolve se inspirar nos gurus da indústria dos videogames, pagando homenagem aos jogos de outrora e atualizando a jogabilidade: temos algo próximo, ou talvez igual, ao Deadlight. O primeiro jogo da Tequila Works, uma desenvolvedora espanhola, foi assim… no capricho.

Estética, gameplay, narrativa, emoção e um destaque raro hoje em dia: efeitos sonoros sensacionais. Difícil sobressair-se neste campo nos jogos atuais, mas Deadlight mostra que sempre haverá espaço para o esmero e o preciosismo.

Sim, tem zumbis mas não é Left 4 Dead; tem gameplay 2D acrobático, mas não é Prince of Persia; tem a emoção e enigmas de Out of This World, mas não é francês…

TheBoss 004

Deadlight

 

Download MP4 TheBoss 004 – Deadlight

* * *

Game Music Original > Eternal – Batalha Do Cérebro

Amigos, continuando com a insistência em busca de espaço nas playlists de vocês (risos): hoje temos a música que foi composta para a batalha com chefe do shmup imaginário “Eternal”.

O primeiro artigo desta série trouxe justamente a música da abertura deste jogo (que não existiu). Mais agitada do que a anterior — mas não muito — apresento-lhes a música que poderia se chamar “SOUND TEST…STAGE 1 BOSS [PRESS A TO PLAY, B TO STOP]“.

Enquanto sigo sonhando em fazer parte de um sound test um dia, cliquem play abaixo e escutem a tentativa de uma VGM mais “moderninha”. O trecho mais tenso e mais interessante da música fica no meio.

Talvez combinaria bem com uma batalha de jogo de nave — nunca saberemos. Detalhe: se fosse realmente a versão para o game, a música entraria em loop. Aqui é a versão, digamos, da “OST” do jogo imaginário; portanto, ela tem um final.

“Eternal – Batalha do Cérebro (by Cosmonal) [2010]”

E na Bonus Track totalmente empoeirada, uma música curiosa. Ela não está no sound test de Flashback (do Mega Drive, pelo menos).

O clima cinemático inesquecível deste clássico deve-se muito ao fato de haver alternância entre momentos com trilha sonora e completo silêncio musical. Como em um filme, certos momentos ganhavam temas bem curtinhos. Não conhecia um jogo de console com esta característica até ali, somente adventures da LucasArts com sua poderosa tecnologia iMUSE.

Curiosamente, nenhuma destas músicas estão no sound test do jogo; portanto, não entram nas coletâneas de OST que costumamos baixar em tempos de Internet. Portanto, amigos, é possível afirmar com segurança: essa é obscura, MESMO (risos). Afinal, para ouvi-la, só jogando.

Muitos de nós jogaram Flashback uma dezena de vezes, seja no Super NES, Mega Drive ou no MS-DOS (ou Amiga, claro). Em uma tarde de sábado, decidi jogar fazendo “role-play” enquanto controlava Conrad, gravando e editando em VHS. “Editando” = pressionar PAUSE e manter o REC aguardando até o próximo momento interessante ou cutscene (risos).

Aquelas animações eram incríveis: bastava o jogador ser caprichoso no joystick que as cenas pareciam cinema na tela da sua TV. Ou, pelo menos, um bom desenho animado. Um Zillion mais americanizado, se você me permite. Ainda que o jogo seja francês: Flashback é basicamente o enredo de O Vingador do Futuro. Uma delícia :-)

Caso alguém tenha curiosidade, pode dar uma olhadinha neste playthru digitalizado da fita de vídeo aqui. Seria este o primeiro Cosmic Cast, em 1993? (risos)

E, no dia seguinte à “gravação do Let’s Play sem narração”, fiz a versão de uma destas músicas rápidas de Flashback do Mega Drive, no teclado. Como ela não é mencionada no sound test… ficou Flashback – Battle Theme (1993) mesmo.

Compartilho mais uma vez com vocês, amigos, a empolgação de um adolescente e seu teclado ao lado do videogame…

“Flashback – Battle Theme (by Cosmonal) [1993]”

Como acredito que mesmo os que jogaram provavelmente não vão lembrar (toca esporadicamente, afinal) aqui está a original (link para um ponto do jogo exato onde ela é reproduzida ).

* * *