Mini-Reviews: The Starship Damrey (3DS eShop)

Análises com um máximo de 1.000 caracteres para você ler enquanto toma um café

Para quem não conhece o gênero Visual Novel, eu resumo: são jogos com ênfase na história, dos quais você não deve exigir muito em termos de jogabilidade. O foco está em viver a história e sentir-se parte dela. Assim é The Starship Damrey, e você deve ter isso em mente ao ler reviews por aí, pois tem muita gente analisando os quesitos errados em um jogo como esse.

Você começa preso em um lugar não identificado. Usando um terminal de computador, você controla remotamente um robô de manutenção, e é através dele que vai explorar os corredores da espaçonave Damrey para solucionar o mistério de quem você é e que diabos está acontecendo.

O jogo é curto, mas a trama é excelente e apresentada com muita inteligência. A nave parece abandonada; você aprende sobre a tripulação entrando em seus aposentos e vendo o que guardavam em seus armários e mesas. É uma experiência fascinante, sutil e profundamente solitária, com um desfecho surpreendente. Os fãs de sci-fi de qualidade não devem perder.