Anúncios

TheBoss Extra 006 – Unboxing E Review Completo Do OUYA!

Amigos, o OUYA chegou. Vamos conhecer juntos um novo console de alguma geração de videogames inumerável…

Anúncios

20 Respostas

  1. Interessante, depois quero falar contigo de uma sugestão de matéria, sobre Posters de Games.. A Arte.

    Curtir

  2. Finalmente chega a nós o tão aguardado episodio do OUYA! Uia só! :-)

    Controle
    Ele é mega compacto e seu controle realmente é o grande chamariz! Lembro que nesses vídeos de conferências vi uns “making of” e os concepts do controle, realmente eles estudaram bastante a questão da ergonomia e vemos que realmente, apesar do Dpad, o controle do Xbox 360 é um dos melhores nesse quesito.

    Design
    Ainda falando no conceito e design, apesar do encaixe ser estranho e passar a sensação de que pode quebrar facilmente, o lance das pilhas ficarem nas extremidades laterais parece que também foi planejado para dar um peso distribuído para contribuir na ergonomia e conforto também.

    Trackpad
    Achei muito bacana esse trackpad, algo realmente genial, apesar do Wii-U, é inusitado ver algo do gênero num controle mais convencional. E me diga uma coisa: o “Fruit Ninja” do OUYA (Knightmare Tower) faz uso dos botões ou do trackpad? Fiquei com essa dúvida e com essa ideia na cabeça: seria muito interessante e intuitivo usar o trackpad para controlar funções secundarias dentro dos jogos (apesar de correr o risco de esbarrar sem querer nele). Seu potencial é imenso, ao meu ver!

    Resolução
    Sabendo que os jogos são da plataforma Android que roda em smartphones e tablets, mesmo sabendo que estes dispositivos já aceitam resoluções bem altas, eu fico pensando se os jogos 3D ficam bons na tela grande. Algo nesse sentido o incomodou, Eric?

    Bugs
    Realmente isso é algo que me assusta um pouco em plataformas muito abertas como o Android, mas acho que com o feedback e empenho dos desenvolvedores, é algo que deverá ser contornado.

    No mais, achei que há um grande potencial para ele. Talvez os ports e alguns jogos desse início de safra ainda estejam meio “esquisitinhos”, mas quando começarmos a ver jogos feitos para realmente rodar no OUYA, acredito que vamos ter grandes pérolas. Cito o exemplo de Dead Space para Iphone / Android, um jogo com bons gráficos e execução (tudo bem que não é bem um indie), mas o principal fator para ele ter funcionado bem foi ter sido feito se aproveitando do que os smartphones e tablets tinham de melhor e não tentando emular a experiência de consoles. Quando conseguirem este foco para o OUYA, acho que vamos ter ótimos títulos!

    PS: os puzzle games foram os que mais gostei: Polarity e The Ball (este acho que tem uma versão no Steam também), me fizeram lembrar também de um outro jogo indie que gostei muito chamado Q.U.B.E.

    PS2: Vendo o vídeo de outro brasileiro que testou o OUYA, ele deu a dica de que o controle sem fio do Xbox 360 é compatível com o OUYA! Porém, é necessário ter o Receiver (o mesmo usado em PC). Segundo ele dá para parear até 4 controles. Disse inclusive que, por achar o controle de Xbox 360 melhor, só joga com ele. E quanto a distância, parece que se jogar muito longe com o controle do OUYA, ele dá uns delays mesmo.

    PS3: Esse infelizmente ainda não tenho :-(

    Parabéns por mais este ótimo vídeo! Um grande abraço pessoal!

    Curtir

    • Valeu Frank, pô, valeu pelo seu review amigo.

      O Knightmare Tower não usa o touchpad não, vai no analógico mesmo normalmente. Até agora, nenhum jogo usou o touchpad por sinal, boa pergunta. Ele é ótimo pra navegação, como era de se esperar. (tocou nele, cursor do mouse entra na tela).

      Sobre a resolução, é curioso: o Tegra detecta a saída e define a resolução. Isso se tornou um problema para desenvolvedores, pois eles afirmam que o mero upscale pra 1080p gasta 5% de desempenho e eles (os devs) não tem como forçar outras resoluções (querem forçar 720p). Por sinal, para capturar o OUYA, tive bastante trabalho, precisei usar um downscaler pois, na prática, ao ligar o OUYA em TVs mesmo 720p (TVs HDs e não Full HD), as TVs aceitam o sinal 1080p e fazem downscale, portanto, forçando o OUYA ao output de 1080p!

      Resumo: a thread lá no fórum do OUYA termina com um: “FIX IT!” por parte dos devs porque eles querem que o OUYA Team fale com a nvidia para rolar algum tipo de update (a coisa acontece meio em hardware) para que os desenvolvedores do OUYA possam forçar resoluções mais baixas.

      Na prática: interface do OUYA é nativa 1080p (tudo lindo e nítido como no PS3 e WIi U) e os jogos na prática são renderizados a 720p ou menos (como acontece em PS3, 360 e até Wii U). Resultado prática final na tela da TV: você está jogando um jogo da Live ou PSN.

      Sobre os controles, como é Android, até Wiimote você conecta nele (com algum trabalho, mas nada demais). Eu mesmo já usei Wiimote e o DualShock 3 no smartphone. Mas isso, acredito, “defeats the purpose” da proposta do console: os thresholds dos analógicos, por exemplo, são diferentes entre joystick do OUYA — para o qual os jogos são desenvolvidos e testados — e do 360. A não ser que você queira um multiplayer (porque aí obviamente comprar outro joystick pode ser um custo extra desnecessário para uma rápida partida com um amigo visitante), vale a pena pegar um outro joystick de 360/PS3 e dar uma partidinha. Mas pra ter a experiência com a precisão do analógico para qual o jogo foi desenvolvido, recomendo só jogar no joystick do console nativo.

      Um exemplo: já jogou um jogo de PC com aquele “joystick da Goldship” da vida? Passou um tempinho regulando a sensibilidade do analógico nos options e nunca achou um ponto ideal? Era o problema da falta de padrão dos PCs. Aí veio Games for Windows e padronizou o joystick do 360, pronto: graduação do analógico perfeita…

      Abração Frank e…

      PS4: você e eu também ainda não tempos ;-)

      Curtir

      • Obrigado pelas informações adicionais, Eric! Muito bom saber de tudo isso. Realmente jogar com o Joystick nativo parece ser a melhor opção então.

        Curtir

  3. Muito legal ver o funcionamento de um console tão moderno e exótico. Mas deu para sentir bem a sua decepção ao manusear o direcional do controle…rs Daí vem a dúvida: o “grão de milho” que estava deixando um dos botões duro saiu depois que você testou os outros jogos? :P Digo, será que depois o botão não travou tanto ou continua a mesma coisa?

    Sobre os jogos, não sei se é porque desconheço completamente títulos para Android, mas fiquei bastante impressionado com a variedade de gêneros. Não digo que algum deles me deixou completamente na seca para jogar, porém a impressão inicial é ótima.

    Curtir

    • Ahahah, o grão de milho foi ótimo, rs… Alexei, boa pergunta: foi ao fechar o compartimento da pilha, ficou um pouquinho “torto”, o suficiente pra dar aquela travadinha. Removi, coloquei de novo, não se tocaram mais.

      Concordo com você, impressão inicial ótima e sabe o Bard’s Tale do vídeo, que estava cheio de bugs? Tudo corrigido no update de ontem à noite. Diversos outros jogos também receberam update, a “dashboard” do OUYA também já está melhor. Estão trabalhando como formigas!

      Curtir

  4. Muito charmoso o console e a apresentação geral do produto. Confesso que não fiquei muito empolgado com os jogos, mas acho que é só uma primeira leva e o modelo de negócios da plataforma certamente é muito atraente.

    Curtir

    • Ah Marcelo, dia 25 está prometido o jogo que dizem ser o app killer do OUYA, vou fazer um review dele e conto com você por aqui, vamos ver se esse jogo anima mais :)

      Curtir

  5. Eu estou bem tentado a comprar esse console, especialmente pela possibilidade de emulação. Seria interessantíssimo ter disponível o MAME para Android, por exemplo. A sua configuração é boa para a maior parte dos jogos e não precisaria ter toda uma CPU ligada a TV para isso. Quado isso se confirmar para o Ouya pode contar que comprarei no mesmo instante!!

    Curtir

  6. Muito legal o OUYA! Tem cara de algo que pode causar uma revolução.
    Na próxima jogatina nele roda uns emuladores de micros clássicos.

    Curtir

    • @adneybr Eu também estou esperando um player de filmes para usá-lo como ‘android tv’ também (tenho um, mas removi para dar o HDMI ao OUYA, rs) e suspeito que MAME em breve, avisarei a você!

      @Luiz Eduardo Engraçado Luz que eles (o “OUYA Team”) estão no estacionamento da E3, armaram um “booth” improvisado lá com dizeres hippies do tipo “FREE THE GAMES” e até polícia foi chamada! Deve estar muito divertido, queria estar lá, rs… e sim emuladores é 100% no OUYA.

      Curtir

  7. Excelente vídeo, como sempre. Uma das coisas que me impressiona é a intimidade do grande Cosmonal com games em geral. Ele é exigente com precisão do analógico, qualidade da imagem, lags, delays, frames e outras coisas que eu não sei o que significam (rs).
    Não é a toa que eu brinquei com aquela referêcia ao “Último Guerreiro das Estrelas” outro dia…

    Por isso estou ansioso para saber se vamos ter um vídeo sobre emulação no OUYA. Sei que não é o objetivo do console, que quer se tornar uma plataforma para jogos indies. Mas, convenhamos, se tiver boa emulação, o bichinho se tornará muito mais popular. Até eu compraria.

    E quem melhor do que o pessoal do CFX, agora com o aparelhinho nas mãos, para fazer um rigoroso teste de qualidade da emulação? Confio totalmente na análise de Eric, Danilo e companhia. Sei que, se eles disserem que a emulação reproduz o console original (Atari, NES, SNES, Master/Mega, NEO-GEO, etc.), podemos confiar.

    Fica a sugestão.

    Ah! Como não gosto do controle do XBOX, será que o OUYA aceita o joystick do PS3? Afinal, o PS4 parece que já copiou o touchpad do OUYA, não foi?

    Curtir

  8. Grande pequeno OUYA!!!A Sony e Microsoft apostam na força,a Nintendo na sua biblioteca nativa e o OUYA pode cavar um terceiro grupo:
    Da Liberdade e Criatividade.Um prato cheio para programadores e fans de emulação.Sem falar que o OUYA pode oxigenar esse mercado de franquias que nunca para de lançar jogos (CTRL C CTRL V) mais do mesmo.

    OUYA tem tudo pra dar certo,inclusive a Microsoft copiou os botões do controle dele,aquele A-B-X-Y do XBOX One não me engana não,he he he he.

    Curtir

    • @dcnautamarvete Ahaha, que legal Marvete, brigado pelos elogios amigo! Emulação nele é como suspeitou mesmo: já veio “de fábrica” com uma sessão “Retro” na dashboard, com vários emuladores perfeitamente funcionais. Soube que estão preparando um “super emulador” pra emular tudo da Sega e Nintendo num único app. Pode deixar que vou me organizar pra um vídeo sobre a emulação nele em breve! E sim, acredito que usar o joystick do PS3 no OUYA seja tranquilo, porque funciona no Android. Tem razão, PS4 copiou o touchpad do OUYA hein, rs… (capaz mesmo!)

      @Ulisses Dactar Tem razão Dactar, OUYA é divertido de ligar no fim da noite e jogar um título “absurdamente novo”. O console é adorável!

      Curtir

  9. Bem legal o unboxing.

    Curtir

  10. Muito bacana o Ouya, não é um videogame que eu compraria mas com certeza ele tem seu público! Ele é a prova de que mesmo com os PCs em alta e as popularização dos jogos para smartphones, ninguém nunca vai abrir mão do melhor jeito de jogar videogame, que é sentado no sofá de frente para a TV com um controle na mão. Uma curiosidade: quanto de hd tem o Ouya? Será que ele não vai ficar cheio muito rápido?

    Curtir

    • @João Ferreira Valeu!

      @leo_jiraya Leo, ele tem 8 GB interno. Olha, até agora, os maiores jogos têm 200 MB de download (devem descomprimir pra uns 250), mas a média é 30-50 MB pelo que tenho visto. Os 8 GB parecem suficientes (pelo menos até agora).

      Curtir

  11. Oi Eric dei uma sumida mas é por causa do trabalho
    Muito bacana esse console, para emulação tambem deve ser show. veremos mais pra frente como ele vai se desenvolver.

    Curtir

  12. Só para colocar um pouco de lenha na fogueira do OUYA, aqui vai uma reportagem do tecnoblog sobre o suposto fail do console:

    http://tecnoblog.net/133817/ouya-fail/

    Curtir

  13. Caramba, to atrasadíssimo em centenas de posts aqui, a correria está demais ultimamente…haha
    Vídeo muito legal, o Ouya tem uma proposta incrível, gostaria muito de ter um também, só acho que peca demais pelo seu hardware, que fica entre o Samsung Galaxy S2 e o S3, poderia custar uns U$50 a mais porém com algo mais “poderoso” para rodar melhor os últimos jogos lançados.
    Bom que pelo tamanho dele, ele cabe em qualquer cantinho do SuperConsole…hehe
    Valeu por mais essa pérola CFX!!
    =)

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: