Anúncios

Cosmic Cast #39 – Resident Evil 4 – Primeira Parte

“Welcome!”

Amigos, para ser um mocinho autorizado a disparar contra alvos humanos: arrume uma desculpa e os torne zumbis. Nem que seja temporariamente… Seja como for, Resident Evil 4 definiu padrões. De 2005 pra cá, quase todo jogo de ação em terceira pessoa tem um sentimento que lembra o clássico da Capcom.

Uma franquia adorada, um jogo criado por japoneses onde seus protagonistas são americanos “da gema” que, no Wii, ganhou força como um dos poucos jogos hardcore daquele sistema à época do seu lançamento.

Atualmente, os títulos andam a passos largos em direção à ação frenética. Resident Evil 4 talvez represente o equilíbrio perfeito entre o adventure de tensão que deu origem ao gênero de horror, com a ação necessária para que o jogador sinta-se lutando pela sua sobrevivência.

Enquanto Zombie U não vem, apague as luzes e não se sinta culpado por atirar em todo mundo que se mexe em Resident Evil 4: afinal, é a filha adolescente do presidente dos EUA que está em jogo…

Cosmic Cast

Episódio #39 – Resident Evil 4 – Primeira Parte

Cliquem em Gostei no YouTube!

* * *

Anúncios

32 Respostas

  1. Legal Eric! Lembro que comprei esse jogo no Ebay num leilão disputadíssimo, afinal era uma cópia “black label” de RE4 pro PS2. Paguei até caro por ela, mas valeu muito a pena. Esse jogo me salvou dos fins de semana solitários em Brasília, naquela época que fiquei morando lá a trabalho.
    Sem dúvida, um jogo obrigatório para quem teve um PS2!

    Ah… Eric, ficou faltando mostrar a participação posterior daquele cão que salvamos no começo do jogo. Ele nos dá uma mãozinha boa não?

    Excelente trabalho como sempre colega!

    Curtir

  2. A versão (Port) de PC com alguns pack´s de textura e alguns mods para correção de controles da uma bela melhorada na qualidade mas as cutscene´s continuam uma merda, com uma resolução muito ruim, sem duvida a versão de Wii é a mais superior, sua analogia é perfeita, o Leon pesado se movimentando é como um tanque de guerra, com Resident 5 os controles já melhoram muito, grande escolha de game para esse Cosmic Cast que considero o melhor da franquia, Valeu Eric!

    Curtir

    • Valeu pelas informações, Mikael. O lance do PC parece unânime mesmo pelo que tinha lido antes de decidir a plataforma, falavam isso mesmo que você diz — mesmo com os mods da comunidade, não “deu”.

      Curiosidade interna: a comparação com “controlar um tanque” foi de um papo informal que tive com o amigo Gagá, hehe, enquanto jogava Dead Space (sim, o velhote anda super next-gen, rs) me falou que isso o estava incomodando — “parece que está controlando um tanque nesses survival moderninhos” :D

      Abração Mikael!

      Curtir

  3. “Enquanto Zombie U não vem, apague as luzes e não se sinta culpado por atirar em todo mundo que se mexe em Resident Evil 4: afinal, é a filha adolescente do presidente dos EUA que está em jogo…”

    não é a filha do Obama, então, pressa para que?

    o RE 4 ao menos os zumbis não correm. menos mal. mas mesmo assim, aparece um batalhão inteiro…eu ficaria tão estressado que largaria o controle e deixaria Leon aos Zumbis pop.

    é, não da para ter tudo. mas ainda sim, foi bom o vídeo e espero que no RE 6, a campanha de Leon se pareça com o RE 4.

    Curtir

  4. Momentos Impagáveis do Cast 39!

    Hero detonou Mr.Bison com uma TNT?
    E o confronto Donatello vs Ryu quem é melhor?He he he muito fera mesmo Andrey!Tá todo mundo se associando ao Harry,assim vai ficar difícil pros inimigos,he he he.

    “Nenhum animal foi maltratado nesnte vídeo”

    Ha ha ha ainda bem Eric,por um momento pensei que fosse mandar bala naquelas galinhas que apareceram no vídeo…he he he.

    Não curto Zumbis,mas confesso que este grupo me fez dar muitas gargalhadas com estas frases…
    “…Mierda!”
    “…la campana
    es hora de rezar
    tenemos que irnos…”
    Zumbis religiosos agora?
    :)
    E pra finalizar,o “momento thriller de michael jackson” casou perfeito com o clima do jogo.
    Só o argumento e roteiro que força um pouco com esta estória de “Iluminados” seitas,zumbis hispano-religiosos e alta tecnologia.
    De qualquer modo o gameplay parece ser muito bom e recompensador,é o que parece.

    Cosmonal,as cenas que você é obrigado a chacoalhar o wiimote me pareceram chatas,até mesmo entediantes para o jogador…isso confere mesmo ou é só impressão minha?
    Certo,ahora tengo que ir,adiós amigo!

    Curtir

    • @Euler Hehe, o cãozinho preferi deixar no ar o mistério, foi bom você reforçar o conselho: salvem-no da armadilha, nem que seja pra ser um Leon bom samaritano, rsrs, Valeu Euler!

      @Leandro alves (@cybertechwyvern) Hahaha, essa foi ótima! Vai que foi uma pulada de “cerca presidencial” de Obama? Nunca saberemos… e parece que seu pedido foi atendido, os reviews têm confirmado que Leon no RE6 tem uma campanha diferentes das demais (menos tiroteiro).

      @Dactar Donatelo nervosinho e Ryu na dele… rsrs, sim é verdade, zumbis em meio a uma trama “religio-científica” no RE4… e confere sim, Dactar: no Wii, os quicktimes são chatíssimos, por conta da movimentação súbita do seu braço. Outro incômodo é a virada 180 graus do Leon, a combinação de botões era desengonçada, tanto que naturalmente não usei o jogo todo e até me prejudica na movimentação já travada do personagem. O que compensa isso tudo é mirar com o Wiimote: isso é bom demais, indiscutivelmente mais satisfatório do que fazê-lo com o analógico tradicional… adiós amigo! :)

      Curtir

    • Olá Dactar!
      Sim, o Hero nunca foi com a cara do Bison mesmo. E naquele momento foi a solução. rss
      Vem mais por aí… rs
      Abração!

      Curtir

  5. Muito bom, só pra variar.

    Curtir

  6. Saudações!
    Tudo blz, galera “Cosmic Effética”?
    Esse Resident Evil 4 é tão bom, é tão bom, que até as versões “porcas” ficaram jogáveis como a Zeebo (sim… eu tenho um! Rss!).
    Aguardando pela segunda parte deste cast!

    P.S.: As aberturas, sempre são um show a parte!
    Parabéns!

    Curtir

  7. Assisti o video e não teve jeito Eric, olha o procedimento que acabei tendo que fazer:

    -Baixar software de vpn
    -comprar jogo na xbox live
    -baixar 99% do jogo sem usar vpn
    -baixar o 1% usando a vpn

    Tudo isso porque tive que comprar o RE4 HD para 360 e o jogo era bloqueado no Brasil, mas depois desse video eu que sou brasileiro e não desisto nunca tinha que jogar ele.

    Valeu cada centavo. Eu simplesmente odeio o esquema de controle clássico de RE (vamos chamar de “pre RE5) mas o RE4 é tão bom que esse detalhe não me deteve.

    Uma das coisas mais incríveis que vejo na série é que após cada iteração, por mais realista que o jogo fique, ele nunca perde o ar de video game. O vendedor ambulante mesmo, só video game mesmo para permitir um cara te vender armamento pesado no meio do caos, com a maior calma do mundo. Acho que esse cara já vendeu buginganga na passarela para o iguatemi aqui em Salvador.

    Curtir

    • @Guilherme Grande Guilherme, brigadão!

      @Douglas Deiró Pô, é mesmo bom no Zeebo, Douglas? Legal rapaz! Tenho o console mas infelizmente dei mole e não comprei naquele finalzinho da rede quando ficou tudo barato… senão teria capturado um trechinho pra fazer uma comparação de brincadeira, na certa! :) E sim, Andrey se supera mesmo, enquanto editava, reassistia a abertura direto só pra curtir! Rs

      @Dancovich Caramba Danc, já pegou o danado hein! E o 720p, deve ter ficado bem nítido comparando com Wii não? Conheço bem seu “ódio aos controles rígidos”, você certamente está “tunando” o gameplay inteiro e girando 180 graus por segundo, depois nos conte como anda.

      Ahahaha, toda razão sobre o vendedor! Esse humor parece não ter nos pós-4, o 6 por exemplo todo “metido a realista” acho que não dá espaço mais pra ele. Uma pena, rs

      Curtir

      • Saudações, Éric.
        Tudo bem?
        A versão do Zeebo de Resident Evil é baseada na de iPhone e a considero “jogável” apenas, claro, se você não tiver um Play 2 (ou, no caso deste Cosmic Cast, o Wii).
        Não há mais a parte de exploração pois estamos limitados à “arenas” – as áreas foram muuuuito reduzidas – onde deve eliminar e sobreviver à horda de Ganados. De mais a mais, o principal foi preservado, como tomar conta da filha do presidente dos EUA.
        Repito… se o cara for com muita sede ao pote, esperando um super jogo, como em suas versões mais parrudas, vai se dar mal. Caso não, dá para perder um tempinho jogando esse RE4 numa boa.
        O Zeebo tinha potencial para atuar na área que eles pretendiam no início. Mas, investidores mexicanos tomaram conta do projeto, mudaram o público alvo com jogos educativos (ignorando a base instalada até então pela Tectoy) e… em suma, fizeram cagada.
        Jogos? Double Dragon, é excelente e uma das melhores versões já feitas; Quake 2 foi portado pela Tectoy de forma competente (idem ao Q1); Tekken 2, Pacmania, Ridge Race e Alpine Racing mostraram que a Namco acreditava no projeto; emulações de clássicos da Data East feitas pela G-Mode (atual detentora das marcas) que rodam “lizinhas” no console…
        Eu tenho quase todos os títulos lançados para o Zeebo e, ainda os jogos aqui (Double Dragon é o meu preferido). Sei lá, como você coleciona consoles, de repente, ache um baratinho na net e com todos os jogos lançados na HD?
        Até mais!

        Curtir

        • Opa entendi sobre o RE4, o hardware dele baseado em ARM “pedia” mesmo ports do gênero, tá certo. Fiquei curioso com esses emuladores de jogos da Data East!

          Sim, até um tempo atrás estava acompanhando aquele hacker brazuca que estava conseguindo acesso às entranhas do Zeebo (esqueci o nome agora, tinha até um Wiki e tudo, certamente vc o conhece). Pelo que falou, a coisa andou, vou me atualizar… valeu pelo Zeebo-Review, Douglas!

          Curtir

    • Está bloqueado para a região do Brasil! :-( Será que foi recente? Pois um amigo baixou já faz mais de um ano, usando a Live USA e não teve bloqueio nenhum, até estranhei na época, pois esperava que todos Games on Demand fossem bloqueados por IP!

      Curtir

  8. Putz, como é que eu nunca joguei isso? Parece ótimo! E pensar que eu parei no RE3. Até me empolguei e finalmente comecei a jogar o remake do RE1 do Gamecube — comprei faz tempo, mas tava aqui juntando poeira.

    Ótimo o programa. Mais uma vez, ficou informativo e divertido ao mesmo tempo. A escolha de cenas é bem pertinente, a edição esperta, o trabalho do Andrey chuta o balde… enfim, just perfect!

    Ah, os seus “diálogos internos” do tipo “Calma, calma, tá morto” são ótimos, rs…

    Curtir

    • Nossa, esse remake do 1 é muito bom, né? Pena que não tenha saído para outros consoles, me disseram que ele é de cair a dentadura!

      Curtir

      • Muito bom não, Frank, é COLOSSAL. Os gráficos são melhores do que qualquer coisa (ou quase qualquer coisa) daquela geração. É infernalmente difícil, o tipo de jogo que você tem que insistir, conhecer os segredos, recomeçar várias vezes… hardcore, bem à moda antiga. E tem muito conteúdo novo para surpreender até quem conhece o original de trás pra frente.

        Curtir

        • Muito bacana! Confesso que o que me afasta um pouco dos RE é essa sensação de ser algo muito difícil e eu não dar conta do recado XD

          Mas gosto muito do climão dos antigos.

          Curtir

    • Gagá!
      Obrigado mestre! Mais clipes a caminho!
      Muito engraçada a legenda “Blá Blá” da mocinha! rss
      Abraço!

      Curtir

  9. Mais uma vez vocês estão de parabéns! Excelente matéria.O RE4, quando foi lançado no Gamecube quase me fez comprar um. Por sorte ,apesar do dowgrade, a versão do PS2 foi lançada logo em seguida.

    Curtir

    • @Orakio “O Gagá” Rob Orakio fechou a trilogia clássica, isso sim hein. O 4 não é “nosso querido” Prime não, mas é quase tão divertido, rs. E Gagá nos trouxe as localizações deste episódio, como sempre, de maneira sublime — agora quando penso em bazuca não associo a armamento pesado… valeu Gagá!

      @Kleber Snake wings Valeu Kleber! Foi app killer pra você o RE4 hein? Sim, parece que é unânime a inferioridade visual do port pra PS2, você confirmou… abração.

      Curtir

  10. Parabéns a todos envolvidos, ótimo Cosmic Effect!

    “Vamos a premiere deste revolver” – Hahaha 

    “Calma, calma! Tá morto!” Me lembrou uma cena do Duro de Matar 3, onde uma assassina mata um policial com uma lâmina e continua cortando-o, aí o vilão chega e fala: “Ele já morreu!”

    “E nenhum animal foi maltratado neste vídeo, não se preocupem” :-)

    “Oh… Se o roteiro do jogo permitisse amiguinha” Hahaha, sacanagem! hehehe. Esse Eric tá um fanfarrão mesmo! :-)

    Confesso que estou mais animado a jogar RE4 do que o vindouro RE6

    Valeu galera!

    Curtir

    • Hehehe! Valeu pelos “highlights” (risos) do episódio, Frank! Aquela mocinha, se desse pra aceitar o pedido dela naquele momento do primeiro encontro, tanta atrapalhação depois pra ficar salvando toda hora, rapaz, rs… abração!

      Curtir

  11. Muito bom, muito bom mesmo Eric, os vídeos estao cada vez melhores!!! Lembro do lançamento de Resident Evil 4 e da revolução que foi na épcoa, alguns nao gostaram da mudança, outros ja adoraram, sem contar o rebuliço que deu a perda de exclusividade da Nintendo sobre o jogo, mas nao tinha como, é ate covardia comparar as vendas do PS2 com as do Game Cube na época. Joguei ele em 2005 mesmo em um Game Cube emprestado de um amigo e ate hoje nao joguei a campanha com a Ada ja que ela veio depois na versão de Play2 (posteriormente Wii). Vendo o excelente vídeo me fez lembrar como esse jogo é fantástico, ele tem a campanha muito longa (coisa rara pro jogos de ação/survivor) e mesmo assim nao enjoa em nenhum momento. Como curiosidade Resident Evil 4 teve um tempo de desenvolvimento muito grande (uns 5 anos eu acho) e começou a ser feito do zero mais de uma vez, inclusive Devil May Cry era pra ser o Resident Evil 4 mas como ele estava ficando muito diferente acabou virando outro jogo.

    Curtir

    • Opa Leo, a gente agradece mesmo o estímulo!

      Sim rapaz, tinha lido esse lance da perda de exclusividade, a Capcom se chateou com as políticas da Nintendo, confere? Legal você lembrar também o lance do build anterior do RE4 acabar se tornando DmC… é por isso que o Dante lá do DmC lembra tanto o Leon, rs

      Tem até esse vídeo chamado de “Resident Evil 3.5”. você deve ter visto, fica de curiosidade pra turma que não viu:

      Abração Leo, valeu pelas informações!

      Curtir

  12. Grande Eric,

    Acho muito clássico os narradores que anunciam o nome do jogo. No caso do RE4, é ainda mais legal porque o narrador precisa fazer voz de malvado, tipo banda de death metal. Só senti falta dele falar “Wii Edition”. ;) Vou chutar que o ator que fez o mercador foi o que fez essa voz na abertura…

    Agora, falando sério. Em primeiro lugar, quero mais uma vez parabenizar todos do CE pela excelente qualidade técnica e de conteúdo do vídeo. Desta vez, baixei em qualidade máxima (quase 800 MB) para ver todos os detalhes.

    Joguei pela primeira vez quando foi lançado para o PS2 e também fiquei impressionado com a qualidade do jogo. Tudo funciona muito bem no conjunto da obra, principalmente o bom equilíbrio entre tensão “survivor” e ação. Acho que foi um jogo da franquia que realmente deu mais passos para frente do que para trás.

    Qual a conseqüência de matar o cachorro? Não me lembro deste detalhe.

    Curtir

    • Hahaha, é verdade! Vocal de death metal mesmo, putz, nem liguei os pontos, rsrs Outro detalhe curioso você notou, rapaz, deve ser mesmo o cara que dublou o mercador!!

      E puxa, sempre bem-vindo seus elogios, Marcelo.

      Rapaz, pelo que percebi, se salvar, o mesmíssimo cachorro aparece em um chefe enorme (aquele gigante, pelo visto é clássico) e dá uma bela ajuda, distraindo o gigante. Certamente se não salvar o cachorro, ele não deve aparecer por lá (tem de ser o mesmo, porque o jogo deu muito destaque ao cachorro quando ele apareceu, não entrou na captura infelizmente) — porém não confirmei se isso acontece mesmo.

      Grande abraço, Marcelo.

      Curtir

  13. Grande Eric, Cosmic Cast imperdível esse heim?!?
    Nada mais propício do que um Cosmic Cast sobre RE, com a saída do RE6 e 4,5 milhões de unidades vendidas em apenas 03 dias o hype está lá em cima….hehe
    Vou assistindo e comentando:
    00:53 – haha adorei essa mistura Street Fighter com Tartarugas Ninjas, bom, muito bom, êhhh imaginação vocês têm…rs
    01:30 – camiseta Cosmic Effect? Como podemos comprar uma dessas (tô falando sério!!)?
    Obs: engraçado falar de um jogo da geração passada, mas que saiu num videogame da geração atual né?! Hehe
    02:10 – realmente, até postei no Facebook, não há duvidas que essa musica pegaria primeiro lugar fácil, best looping ever…rs
    02:30 – “todo mundo tenta imitar mas ninguém consegue”….kkkkkkk Bem assim mesmo, é uma pagação de mico nessas horas (igual o EA Sportsss + algo que nunca entendi, o SEEEGGAAAAA, etc)…rs
    03:25 – como irrita essa lentidão dos controles né? Várias vezes você morre girando, até chegar no inimigo, puts…
    E mais o fato de não andar enquanto atira (aindaaaaa)? Tudo isso contribui para um gameplay amarrado gerando mais suspense, realmente pura jogada da Capcom, que eu defendia até um certo tempo atrás, RE5 também é assim e eu gostei muito, mas não sei de verdade se queria um RE6 ainda desse jeito, acho que já deu…
    04:10 – ah fala sério…rs Isso sim é coisa de viciado, mira invertida é tenso, não consigo usar não…rs
    Nesse primeiro momento do jogo eu só ficava passeando por essa vila pegando itens, pois não adianta matar todos NPC’s porque eles nunca acabam, senão me engano é um tempo que você tem que esperar, já passei matando apenas alguns poucos ganados, mas de primeiro momento não sabemos e já tomamos um susto porque a munição acaba e logo imaginamos “esse jogo vai ser tenso, se o começo já é assim…rs”
    07:50 – uahuahuaha não machucou animais “normais”, só os que eram mais bizarrinhos mesmo…rs
    08:10 – rebola Eric, vai, se mexe…rs Ai ai, esses controles de movimentos não são pra mim também, me deixem quietinho por favor sentado no meu sofá, eu quero apenas jogar um jogo em paz como sempre fiz apertando alguns botões…rs
    10:20 – pediu pra parar, PAROU!! …rs
    11:20 – cara, é uma saco mesmo de verdade, no RE5 melhorou um pouco a inteligência artificial com a Sheva…
    12:45 – ééééé, realmente não é toda hora que encontramos com o ARAGORN do Senhor dos Anéis….rs
    14:04 – rapaz, você matou uma lenda urbana, o Slender Man em carne (ou seria espírito?) e osso…rs
    15:35 – velho na boa, pqp que sorte…rs Difícil acontecer isso e você conseguiu filmar…rs
    16:00 – será que a religião desses caras não são a mesma daquela do Tom Cruise, a Cientologia? No caso do RE4 poderíamos dizer que seria Ciências com Tecnologia…rs
    17:00 – e põe famoso nisso. Preciso contar algo que é o maior micão, aconteceu poucas vezes na minha vida que é sonhar com algum jogo de videogame, acho que quando você gosta muito de um jogo e entra nele de cabeça você pensa nele mesmo sem estar jogando, e eu lembro que sonhei com o mercador, mas o mercador do RE5, lógico que não me lembro da história do sonho, mas foi engraçado, esse NPC marcou mesmo…rs
    17:25 – nossa, esses “manos” de escudo eram tensos mesmo, a musica me dava um certo mal estar, verdade o que falou…rs
    17:50 – no sentido figurado…rs

    Muito bom, já estou correndo pra parte 2 (empolgado de relembrar essa aventura).

    Curtir

  14. […] aqui, especialmente no Wii, é uma delícia de experiência gamística — tanto que fizemos um vídeo em duas partes somente sobre a versão que usa o […]

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: