Anúncios

Cosmic Fast #13 – Zelda Day 2011

O nosso Mario Cavalcanti deu um pulinho no Zelda Day de 2011, que aconteceu na capital do Rio de Janeiro no dia 30 de julho. Como o nome sugere, é um encontro dos fãs de uma das maiores franquias de todos os tempos, e a galera se reúne pra celebrar e tocar as músicas marcantes dos jogos do herói Link. Eles tentam transformar a bela praça que escolheram para o encontro numa Hyrule em miniatura.

Amigos do Cosmic Effect, dêem um descontinho (!) na turma que tocou violino nas músicas de Zelda e curtam este episódio – além das imagens do evento, não deixamos de tentar emocioná-lo com alguns momentos marcantes de um certo episódio da série…

Cosmic Fast

Edição #13: Zelda Day 2011

Canais somente com vídeos produzidos pelo Cosmic Effect

* * *

Anúncios

30 Respostas

  1. Zelda sempre foi um clássico, mas somente a partir do Ocarina of Time é que ele tomou proporções gigantescas, tal qual um tal de Final Fantasy VII, que eu prefiro dizer que o 6 é melhor.

    E a música de Zelda, o primeiro tuning dela, é tão conhecida como a baladinha do Final Fantasy, no dia que mudarem, não será mais Zelda e nem Final Fnatasy.

    Curtir

  2. Cosmonal vai acabar me fazendo comprar um 3DS, FATO!

    Pô, bem que podiam fazer um Zelda Day aqui em SP! E o vídeo ficou bom, mas na seleção de músicas do cast teve duas que fizeram muita falta: Dark World (A link to the past) e Ballad of Wind Fish (Link’s Awakening). Mas quem sabe elas não apareçam num “extended edition”?

    Curtir

  3. HEhh putz eu esqueci que dia ia ser essa parada e nem deu pra ir =[

    @Daniel Gomes […] tal qual um tal de Final Fantasy VII, que eu prefiro dizer que o 6 é melhor.[…] Sempre foi e sempre será FFVI ruleia geral! xD

    @Tristanccm […]Pô, bem que podiam fazer um Zelda Day aqui em SP! […] Pooo mano.. em Sp tem tudo retrô! aqui no Rj não tem quase nada.. deixa a gente com algo exclusivo xD HAUsuasha

    Curtir

  4. Ha ha, muito divertido o lance do Zelda Day!

    Adorei a iniciativa e a empolgação da rapaziada. Valeu por documentar o evento para a turma que não foi, Mario, eu estava curioso para saber como tinha sido.

    Cosmonal, sacanagem esse encerramento do Cosmic Fast, hein? Quase correu uma lágrima aqui…

    Curtir

  5. Nossa, a banda estava pior do que pensei! Os violinos parecem gatos sendo estrangulados! Algumas músicas ficaram praticamente irreconhecíveis, poxa vida. Mas também não dá para exigir muito.

    Boa ideia mesmo de documentar o evento, principalmente para quem não foi ou quem chegou atrasado (*ahem). E engraçado que essa cena final do vídeo (e consequentemente, do Zelda) me fez recordar a mesma época quando terminei o jogo e o quanto era realmente emocionante o final do OoT, principalmente esta parte específica.

    Curtir

    • Quem sabe se você estivesse lá “regendo a orquestra” a coisa melhorava… ou piorava :P

      E sério mesmo, quando eu terminei o Ocarina of Time pela primeira vez (tem pouco tempo, via Virtual Console) quase chorei com o final, foi bonito pra caramba.

      Curtir

      • Que isso, obrigado, mas prefiro estrangular os gatos mesmo! (risadas da plateia)

        Curtir

        • @tristanccm E agora com essa baixa de preços no 3DS então… e as músicas dessa vez foram em cima das performances do pessoal do Zelda Day que o Mario conseguiu gravar. Pena que o cara do violino… :D

          @Leonardo Soler Até engraçado vendo vocês falando SP tem isso, RJ tem aquilo… eu sei onde NÃO tem nada MESMO: aqui em Salvador! :P

          @Orakio “O Gagá” Rob É, pelo jeito acertei a mão na edição do final… a.k.a. “golpe baixo de usar as cenas de Ocarina pra fazer o Gagá chorar” :D

          @Rafael Fernandes É, a galera se esforçou mas os dois violinos estavam ocupando boa parte do espectro sonoro da câmera do Mario, rs…

          Curtir

    • Po, da um desconto pro pessoal, eu vi flauta de supermercado sendo usada lá, hahahaha. Honestamente eu fiquei surpreso que eles conseguiram manter o tempo certo por mais de 10 segundos com tanta gente.

      Excelente evento e uma pena que Salvador seja tão desprovido disso. Eric, isso não seria um estímulo para fazermos um novo encontro da Cosmic Ark?

      Curtir

  6. Muito legal esse evento. Lembra o clima do VGL! Um clima amigável, cordial, onde as pessoas vão exclusivamente para se divertir e compartilhar!
    O povo que vai ao jogos de futebol deveria aprender como ser civilizado com os gamers rsrs

    Fico imaginando as pessoas que não conhecem o Zelda passando no momento e perguntando: Que religião doida é essa?? rsrs

    Curtir

    • Rolava uma curiosidade sim, Euler. Além dos idosos e do guarda municipal (vide minha resposta ao comment do Dactar), pessoas que estavam voltando da praia de Ipanema passavam por ali muito curiosas. Algumas paravam para ver a bandinha, o que contribuiu para com o aumento do conglomerado. haha.

      Curtir

  7. Impresionante a quantidade de pessoas no local,até parecia Europa ou Japão,que tem larga tradição em encontros sobre games animes.

    Curtir

    • Verdade, Dactar. Tinham vários idosos na praça sem entender muito bem o que estava rolando, mas as senhoras acharam fofinhos os piqueniques que alguns estavam fazendo na grama. Um guarda municipal chegou a perguntar do que se tratava o encontro, porque ele ficou surpreso com a adesão e com a homogeneidade (pessoas de verde).

      Curtir

  8. Foi bom ver de perto a empolgação da comunidade Zelda. Alguns momentos da banda tocando foram Um tanto quanto ensurdecedores hahaha, mas foi legal fazer esse breve registro. Como MSXZeiro de carteirinha, vou iniciar um Knightmare Day! haha

    Curtir

  9. Sou daqueles que a primeira pergunta que fazem quando a Nintendo anuncia um sistema novo é: ” Quando será o próximo Zelda?”. Sem dúvida sempre presente no meu top 10. Ver um evento que ainda que tenha seus “defeitos técnicos”, prestigia a música dessa série é muito legal.

    A trilha de Zelda é marcante, e para mim foi consagrada ao integrar a mesma ao gameplay nos moldes do Ocarina of Time, é muito engraçado ao lembrar do game e de sua música, lembrar ao mesmo tempo das teclas que você tem de apertar para tocar na ocarina, uma ilusão de conhecimento instrumental ao jogador, hehehehe.

    Agora pessoal, todo mundo aqui não acha que a Nintendo deveria lançar uma coletânea com todos os games para Wii? Ou quem sabe anunciar uma versão assim para o Wii U, com a possibilidade de colocar em HD e tudo, é um sonho, mas vale a pena sonhar, hahahaha.

    Curtir

    • A Nintendo amarelou legal. Eu fiquei fulo da vida quando vi que a comemoração dos 25 anos do Zelda ia ser só aquela orquestra.

      Curtir

      • Também achei Gagá, apesar de ter sido sensacional e eu me empolguei vendo a conferência da E3 deles já no começo por causa disso. No entanto em termos de lançamentos para comemorar foi muito besta, pior que aquele disco do Allstars Mario que saiu para Wii quando ele fez o aniversário, comemoração se faz com tudo que já existiu, faz um box, cheio de mapa, contando a história da série, dá uma chance de quem é fã ter tudo ou quem não é embarcar já 100% na série.

        Curtir

  10. Muito legal o registro desse evento. Aliás, sobre eventos gamers, o maior evento gamer da minha cidade é quando dois gamers se encontram por aqui e resolvem tirar uma partida de Winning Eleven.

    Interessante a curiosidade de populares sobre o evento. Seria legal se a organização desses eventos em céu aberto deixassem bem claro à população local que é um evento gamer e que, ao contrário da lógica da mídia, eles não saem matando pessoas por aí (GTA’s Day?).

    Curtir

    • @mcs Ah, nem reclama não Marcos. Eu, Danilo, Euler, Andrey… estamos em Salvador. SALVADOR, ok? Um Zelda Day aqui é impensável, aliás, não rola nem essa partidinha de Winning Eleven por aqui :P Eu ri desse “GTA’s Day” aí, rs…

      @Dancovich Sim Danc, já é hora de pensarmos num terceiro encontro naquele estilo mesmo, vamo vê isso daí. Agitar (risos) essa Salvador nossa…..

      Curtir

      • Cosmonal, eu também sofro aqui em Salvador, seja solidário a mim também, hahahaha. E pessoal, aqui em Salvador não tem Zelda Day, só tem Axé Week!

        Curtir

        • Ahahahahaha, verdade Sérgio, vacilo meu. Sofrimento nosso pouco é bobagem por aqui, 1 (um) VGL e 1 (um) evento de Star Wars para o resto de nossas vidas, é isso? A gente vai ter de montar um Mêlée Island® Day aqui com a música de abertura caribenha de Monkey tocando — quem sabe atrai alguns baianos?

          “Axé Week” — triste realidade! :D

          Curtir

        • Mais pra Axé Century!

          Curtir

  11. Po, mas vai ver em outros vídeos… O som ta bem melhor, os violinos que estavam bem desafinados… Tinham ótimos músicos na banda, rolou uns improvisos de flauta tranversal, escaleta e na ocarina muito bons! Acho que o camera acabou escolhendo uma posição ruim pra filmar mesmo hahahahaha

    Curtir

    • Fala Amigo Verde!

      Eheheheheh! Bom, mas você há de concordar comigo que o “culpado” não é quem está filmando e sim os nossos amigos dos instrumentos harmônicos, certo? :) Note, no vídeo, que a câmera estava “afinada” sim; não dá pra dizer o mesmo dos… certo? Mas sem problemas, o lance ali era celebrar Zelda!

      Só alongando o papo no que se refere à música mesmo, deixando de lado o evento — a questão era realmente com o, ou os (havia um em cada lado naquele ponto filmado) violinos — isso não há como negar. Como é um instrumento não-temperado, a técnica dele é muito importante. Como quem tocou o violino desejava fazer todos os arranjos das originais de Koji Kondo, alguns deles são rápidos… vamos dizer que “faltou traste no braço” dos nossos amigos dos violinos (ou pelo menos em um deles, difícil dizer apenas pelo vídeo — mas UM com certeza estava MUITO desafinado, mais de 50% do tempo) :)

      Alguém do violão também errou algumas passagens (equivocando acordes) — mas isso é de menos, como músico a gente pode apontar um monte de detalhes menores nesse sentido. Só que o violino chamou a atenção de músicos e não-músicos…

      Outro problema que pode ter incomodado um pouquinho (pelo menos nas 4 músicas que captamos) foi o nosso amigo da keyflute (escaleta) enfatizando a melodia junto com o violino claramente desafinado — certamente o cara da escaleta conseguia notar que o (de novo, coitado…) violinista estava fora e deixasse de enfatizar a melodia… teria sido melhor: uma “harmonia desarmônica” entre duas notas muito próximas é o pior tipo de sensação sonora de “está desafinado” que pode existir :) Imagina só os dois timbres estridentes (violino e keyflute) juntos, como em 7:48 s 7:54… :)

      Eu quem fiz a edição, ou seja, ouvi essas performances inteiras no fone durante umas 15 horas; observe que, às vezes, entra a música original enquanto os músicos tocam, além de eu ter cortado partes das músicas tocadas ao vivo. Ou seja… honestamente, procurei deixar somente as melhores partes das performances para a turma que assistiu o vídeo editado :)

      Mas cara, todo mundo aqui queria estar lá na curtição do evento, isso é só detalhe MESMO. Esse tipo de coisa é curtição pura. É até típico bandinhas tocarem desafinados, é marca desse tipo de som festivo. É que sabe como é, a gente fica meio exigente porque são as músicas do mestre Koji Kondo… :) mas, sério mesmo, nada que afete a vontade de estar lá curtindo e celebrando a franquia Zelda!

      Grande abraço!

      Curtir

    • Fala Amigo Verde. Os violinos tavam bem desafinadinhos mesmo, hehehe, me lembrou eu tocando violão com a turma da faculdade na praia.

      Mas honestamente, eu achei bem legal mesmo. Não era uma orquestra comemorando os 25 anos de Zelda, era uma turma querendo se divertir e tocar as suas músicas favoritas. Dada a qualidade dos instrumentos que estava lá e do ambiente totalmente barulhento, achei muito bacana que aquela quantidade de gente conseguiu tocar as músicas e dar pra reconhecer todinhas.

      Pela quantidade de gente que juntou, acho que ano que vem tem mais e a turma vai ensaiar o dobro. Os violinistas vão afinar o violino mais direitinho, vai ter até regente de paletó dando andamento das músicas, hahaha.

      Curtir

  12. É, violino é um instrumento complicado, também nao curti muito aquelas flautinhas mais simples, acho que elas muitas vezes deram uma entonação saturada demais na música, de uma forma que ela soasse incomodante. Reparei em uns aspectos positivos também. O cara da ocarina vestido de dark link tocava muito (eu tava perto dele na roda, então pude ouvir perfeitamente o som da ocarina), o cara da escaleta que fez muitos improvisos (sem falar que se esse mandasse mal, poderia comprometer o evento, afinal o som da escaleta era um dos mais altos dali), os dois da flauta transversal também mandaram muito bem também! Principalmente em Kokiri Forest, onde se pode ouvir vários improvisos da parte deles. A animação da banda tava contagiante também… Mas admiro os caras por conseguir juntar uma banda na internet e conseguir divertir muita gente numa praça… Acredito que os próximos ZD’s serão melhores :D

    Curtir

    • Cara, com certeza! Como o Euler falou aqui nos comentários, o clima amigável, leve do evento… pessoal tocando a trilha dos jogos… num lugar bonito daqueles, maravilha. A maioria dos colaboradores deste blog são de Salvador, velho, é capaz de se alguém conseguisse o milagre de juntar alguns baianos numa praça pra celebrar algum videogame, a coisa se transformar no chamado (argh!) “pagodão” — este é o nome técnico :P O Dark Link não apareceu nos vídeos que fizemos, mas eu vi no tumblr algumas fotos, vou procurar ver os vídeos também, valeu a dica.

      Aliás, celebrar videogames é a melhor coisa que tem: você “idolatra” algo que não existe, ninguém está ali cultivando Miyamoto, Nintendo, nada disso… e sim personagens que mais existem na nossa imaginação do que qualquer outra coisa. É mais uma beleza proporcionada pelos jogos! :)

      Curtir

  13. Acho que o grande lance do evento foi justamente a empolgação, o improviso, o clima de diversão. Por isso nem comentei o lance dos desafinos… isso é até irrelevante, já que o espírito da coisa pareceu realmente incrível.

    Curtir

  14. Parabéns Mário, Eric e Andrey!
    Ficou bem legal, o clima foi de ver uma daquelas cenas de filmes com aquelas festas animadas medievais!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: