Anúncios

Cosmic Fast #11 – O Primeiro Portátil A Gente Nunca Esquece

E então amigos, um jogador de videogame pode viver sem um console portátil? Toda a sua vida? Parece que não.

Este Cosmic Fast é um unboxing de uma vida inteira…

Cosmic Fast

Edição #11: O Primeiro Portátil A Gente Nunca Esquece

Canais somente com vídeos produzidos pelo Cosmic Effect

* * *

Anúncios

42 Respostas

  1. Hahha eu sempre critiquei Video Games Portáteis… até que ví a necessidade de comprar um… e acabei comprando o dingoo.. que até hoje é uma boa… a noite aquele silencio eu simplesmente pucho ele numa boa sem incomodo algum… em ônibus, curso, faculdade, trabalho… e ele sempre tá lá… é uma boa sempre ^^

    aé … e aja bateria pra ele funcionar Hehehehe’

    Curtir

  2. Melhor Cosmic Fast até agora, além do pack Game Gear completo de fazer inveja em qualquer um, a piada de colocar o Sonic do Mega no final foi infame, hahahaha.

    Curtir

    • @Leonardo Soler Valeu meu caro, parece que bateria será um problema mesmo…

      @FAKEPIX Valeu mesmo Sérgio, não resisti em lembrar da jogatina “tradicional” no final :D

      Curtir

  3. Oi Eric, essa Game Gear está mesmo impecável! Excelente compra! Eu durante muito tempo só jogava mesmo em consolas portáteis, principalmente Game Boy que foi a minha portátil favorita até ao aparecimento da PSP.

    O segredo para disfrutar das portáteis é jogar os jogos feitos exclusivamente para elas e não as conversões das versões para consolas de sala, o que infelizmente aconteceu muito no inicio com a Game Gear. A Nintendo sempre apostou muito no Game Boy, daí haver jogos que nunca saíram para as restantes consolas da Nintendo garantido o sucesso destas consolas.

    Acho que ainda vais gostar muito de portáteis, é apenas uma questão de encontrares a que realmente tem mais significado para ti. Talvez a Nomad preencha os parâmetros que falaste, como a ligação á TV ;)

    Abraço e parabéns por mais um excelente Comic Fast!

    Curtir

  4. Eric, esqueci uma coisa. Não uses baterias recarregáveis nas consolas portáteis antigas, isto porque as baterias AA normais são de 1.5V e as baterias AA recarregáveis são de 1.2V, o que pode provocar alguns problemas de funcionamento nas consolas.

    Curtir

    • Grande Odrakir, bem pertinente seu comentário sobre procurar os jogos feitos para a plataforma, e não os ports. Logo na primeira impressão, vi que o Desert Strike certamente deve ser considerado um jogo ruim ali no GG, sendo que é um dos melhores jogos já feitos para o Mega Drive. Mas, pelo que percebi no pouco que joguei, forçaram as mecânicas do original numa telinha pequena, não funcionou.

      Por outro lado, gostei muito mesmo do Star Wars, me parece que não é port de nenhum título Star Wars não. É meu favorito por enquanto, daqueles que acompanharam esse pacote.

      Vou seguir seu conselho, procurar um significado para mim neste portátil. Tenho vontade de jogar um RPG no portátil, uma vez que sei do sucesso que RPG fez nos portáteis, quero conhecer a sensação, até porque é um dos gêneros favoritos. Golden Axe Warrior é um dos mais indicados pro GG, confirma?

      Brigadão, sempre um prazer tê-lo por aqui!

      PS: agradeço pela informação das baterias, não sabia disso não e já estava para comprar 6 recarregáveis amanhã mesmo. Como na prática vou mesmo é jogar em casa, vou sempre usar a fonte original da Sega mesmo e dormir tranquilo.

      Curtir

  5. 1- Putz, que compra indecente que vc fez. Console perfeito, caixa , e um bucado d jogo, parabens pela aquisiçao!!
    2- Não é difícil fazer o Sonic sair de tela no Sonic 1 do Master.
    3- Sensacional a imagem do seu Mega Drive na tv, muito bom mesmo. Cabo Av ou caixa rf??

    Curtir

    • Brigadão Guilherme, juro que caí numa thread do SMSPower com uma lista de jogos exclusivos pro GG, mas não achei agora pra linkar (caí enquanto pesquisava fazendo o vídeo). De qualquer maneira, eles têm uma excelente lista com descrições bem legais sobre os títulos: http://www.smspower.org/Games/GG

      Joguei pouco Sonic 1 do SMS (na época eu tinha preconceito com Sonic do Master, sabe como é, fui daqueles que “Sonic do Mega mudou a minha vida” :P) então não sabia desse detalhe, valeu pela info. No Mega, era um pouco raro acontecer o scroll que deixava Sonic de fora, era até divertido quando acontecia, rs

      Cabo AV, todos aqueles consoles estão por cabo AV e o Mega Drive I e II da Tec Toy tinham a exata mesma qualidade na saída AV do Mega JP (que também está no SuperConsole) — eu já liguei o mesmo jogo em vários Megas e troquei o AV e o CDX tem uma qualidade inferior na imagem (mais blur) e áudio com menos agudo. Abração!

      Curtir

  6. Só aproveitando que o video fala sobre game gear, alguem sabe algum site com uma lista dos jogos exclusivos de game gear?

    Curtir

  7. Cada vez eu tenho mais inveja de você, Sr. Eric Fraga! Um Game Gear muito bem conservado com caixa, manual, maleta da Sega, 12 jogos com cases, fonte e adaptador pra carro. Excelente aquisição! Gostei das referências ao primeiro Cosmic Fast. Tenho aquela Ação Games também, está em algum lugar, mas sem capa e bem acabada.

    Game Gear é meu sonho de consumo quando eu era criança, seguido posteriormente pelo Nomad. Nunca tive ambos :(.

    Você até falou sobre os jogos de 4Mb que podem não funcionar, segundo o que li na caixa do adaptador pra Master da Tec Toy do Game Gear. Esse adaptador e o TV tuner também faziam parte do sonho de consumo :P.

    Lembrei-me que a Sega fez um enorme merchandise do Game Gear no filme Surfistas Ninjas ( http://en.wikipedia.org/wiki/Surf_Ninjas ). A mulher da locadora recomendou-me esse filme. Achei ele ruim, mas adorei o merchan do Game Gear que só aumentou a minha vontade de ter o portátil.

    Muito tempo depois conegui pegar um Game Gear com G-LOC: Air Battle emprestado. Foi o único título que joguei no portátil e cheguei a zerá-lo até. Ele tem gráficos legais, mas hoje em dia não tenho mais interesse. Só não comprei esse Game Gear porque o estado dele não era dos melhores.

    Eric, recomendo o Psychic World ( http://www.youtube.com/watch?v=1-WPEzW-ML0 ), um clássico do Game Gear. Não cheguei a zerá-lo, aliás.

    OBS.: depois que joguei Sonic 1 japonês, Sonic com nuvens paradas não tem mais graça XD.

    Curtir

  8. Otimo post Eric!
    Sera’ que o TK90x era o primeiro portatil?? :) To brincando..rs
    Excelente!

    Curtir

  9. Nossa, pensa em eu precisando dormir e vibrando com o video até as 2 da matina! hahaha!
    Mais uma vez, parabéns pela aquisição! Game Gear funcionando hj em dia é uma raridade, impecável então é mais raro ainda!!!
    Mas dê chance ao GG sim, eu vou repetir o que falei no Twitter: jogue o GG Shinobi e o Shinobi II, são dois jogos fantásticos pro portátil e são versões exclusivas (se eu não estiver muito enganado). O segundo terminei no próprio GG e o primeiro joguei recentemente no Dingoo e vou te falar que é um tanto difícil e divertido.
    Agora fiquei empolgado pra tentar consertar o meu GG ou até tentar adquirir um novo… kkkk!
    E muito bom o video, claro! Não me empolguei a toa!

    Curtir

  10. Otima aquisição!!! Parabens!

    Eu estou satisfeito com meu Dingoo, mas um portátil neste estado de conservação e numa maleta repleta de “extras” é de dar agua na boca!

    Curtir

  11. Só não vou te dar os parabéns pela aquisição pq o Game Gear me trás péssimas recordações!

    Eu explico: como era um console caro, geralmente eram só os “playboyzinhos” que tinham um. Tinha um que estudava comigo e levava o GG pro intervalo só pra se aparecer. Tenho ódio dele até hoje! Mas como sei que vc não é dessa laia, eu te perdoo por ter me trazido essa dura lembrança de volta.

    Curtir

  12. Eu tenho um Game Boy Color aqui com 12 jogos (http://twitpic.com/5krqol) e o Nintendo DS com um DStwo (Flashcard). Graças as pilhas recarregáveis, jogo Tetris com bastante frequência e descobri uma verdadeira pérola perdida: Metal Gear Ghost Babel, um jogo que não tem participação de Hideo Kojima, mas tem tudo aquilo que me fez fã da franquia Metal Gear! O jogo é mais Metal Gear até do que o Metal Gear Solid 2, só para você ter uma ideia.

    No DS eu terminei o New Super Mario Bros e estou me divertindo bastante com o Dragon Quest IX. Também jogo Metroid Zero Mission e Double Dragon Advance de vez em quando. Eu tenho mais jogos no meu Flashcard, mas eu não consigo jogar muitos jogos simultaneamente sem deixar alguns de lado.

    Eric, parabéns por mais essa invejável aquisição! Eu nunca tive um Game Gear, e depois do vídeo fiquei até com vontade de ter um. Mas enfim, comprar um com 10 jogos em uma elegante mochila é uma loucura impraticável nos dias de hoje… ;-)

    Curtir

    • @ANTIDEUS Legal Émerson, e valeu a dica do Psychic World, vou mesmo pegar porque nunca completei no Master System, você ainda diz que é um dos melhores no GG… maravilha. Então você é mais um que confirma que GG bom é raridade, espero que dê sorte com esse. “Surf Ninja”? Vou procurar a cena no youtube, rs, valeu!

      @Andrey Santos Ehehehe, pô Andrey, se ligar uma telinha pequena no TK… fica mesmo o primeiro portátil colorido hein! :D Valeu!

      @Cadu Bogik Legal, legal Cadu, eheheheh! Espero não ter acordado ninguém aí! :D Rapaz, Shinobi no GG, eu coloquei na hora que falou no twitter numa listinha aqui, vou comprar COM CERTEZA, e logo. Brigadão pela dica, por confirmar que são bons no GG, valeu!!!

      @Andre Nunes Valeu Andre, esse vou guardar e usar com carinho! :)

      @Tristan.ccm Ahahahaha, que história hein! Já pensei se seu amigo riquinho do Game Gear lê esse blog? Agora ele sabe que tem um inimigo do passado! :D

      @Jorge Lucas Grande Jorge, e aí confirma se o Game Gear é ou não é um console de macho? Pelo menos é o que dizia a propaganda da época nos EUA: “The Sega Game Gear: Separates the men from the boys.” Quando cansar um pouquinho do GG, vou pegar um Game Boy, e com certeza o primeiro jogo que jogarei é o Metroid II exclusivo dele não é? Abração!

      Curtir

  13. @Cosmonal
    Se o Game Gear é console de macho? Claro que é! Você não poderia ter começado com um portátil melhor. Aliás, o jogador é quem faz o console… O Nintendo DS parece uma caixa de maquiagem, e mesmo assim é o mais vendido!

    A, pode pegar o Metroid II sim! É um jogão. Se quiser, eu te empresto numa boa… Ele não poderia estar em melhores mãos! :-)

    Abração!

    Curtir

    • @Cosmonal
      Pensando bem, melhor eu não te emprestar. Pelo vídeo eu percebi que você não conserva bem os seus video games… :-)

      Curtir

      • @ANTIDEUS Hehe! Eu faria uma ONG que doaria essas pilhas alcalinas para jogadores de Game Gear!

        @Jorge Lucas *voz de loucutor de propaganda* Segurança e tratamento vip para o seu cartucho emprestado. Limpamos os contatos diariamente, com produtos especializados e sem sopros. Empreste jogos para o Cosmonal. SuperConsole. We Play. We Care™.

        Curtir

  14. Congratulações por sua aquisição, Eric!

    Vendo o seu contentamento com o portátil, logo pensei em todos os bons tempos que tive com consoles desse tipo. Vendo o seu questionamento logo no início dessa entrada, eu digo que é até possível uma pessoa viver sem um portátil, mas com certeza perderá bastante coisa.

    Em termos de portáteis, eu fiquei anos restrito ao Game Boy, que meu pai me deu em 1990. Desde então é que eu guardo o meu “tijolo”… Quem diria, 21 anos atrás!
    O Game Gear eu só via em revistas, e achava fenomenal o fato dele ser colorido, o que achava ser tremenda vantagem perante ao console da Nintendo. Lynx e Turbografx-16 eram inimagináveis para mim. Só os conheci muito tardiamente.

    Se você realmente quiser levar seu Game Gear para “passear” por aí, sugiro que você compre uma Power Battery, ou PowerBack Battery, como a chamam na Europa e nos Estados Unidos. Eu sinceramente não calculei quanto tempo de autonomia ela tem, mas dá para jogar por um bom tempo, fora o fato de que você pode recarregá-la quando quiser. O ruim é que ela é de níquel-cádmio, então tem de se usar com cautela para não viciá-la.

    É isso aí! Vamos jogar Game Gear! \o/

    Curtir

  15. Baixei o Cosmic Fast e assisti hoje durante o almoço, he he… muito bom o programa, como de costume!

    O bichinho é grande mesmo, hein? Quando eu era moleque, sonhava em ter um desses. Só de pensar em levar um portátil com jogos do nível do Master System de um lado para o outro… e o TV Tuner mexia com a minha imaginação, naquela época não dava para ver TV em qualquer aparelhinho não, era um baita recurso.

    Eu joguei Sonic de Master e de Game Gear, e sem dúvida a situação piora bastante no Game Gear. O jogo todo ficou meio desproporcional no portátil, eu não curti. Tudo bem que joguei via Dingoo, mas não estou me referindo ao tamanho da tela, mas sim da proporção.

    Pô, o coração até bateu mais forte quando você mostrou Desert Strike, é um dos meus jogos favoritos (o de Mega Drive). Até que o de Master System dá um caldinho, o de Game Gear não sei.

    Essa do “tema do unboxing” ficou ótima, he he… e a comparação com Sonic de Mega no final foi desleal.

    Ah, eu amo Laser Gates! ^_^

    Curtir

    • @E. Shiroma Brigadão Edu, e olha, fecha, vou providenciar a Power Battery, com certeza, excelente dica – e ainda bate com o problema que o Odrakir citou com as baterias recarregáveis atuais em um aparelho velhote como o GG. Guarde bem seu Game Boy, pô, console que a gente jogou na época quase ninguém tem, nem colecionador! Abração!

      @Orakio “O Gagá” Rob Enorme mesmo o danado, parece que com aquela lente adicional fica uma espécie de Mega + 32x dos portáteis! Sonic ficou “apertado” como vc falou, realmente… e sobre nosso Desert Strike, no GG… ficou nada bom pelo que senti ali, nada bom. Já o Star Wars que só joguei depois do vídeo, fabuloso, o que mais me empolgou dentre os que acompanharam.

      Você também idolatra Laser Gates??? Que maravilha!! Era um espetáculo no Atari não era? Valeu!

      Curtir

      • Eu adorava aquele barulho irritante da barreira que fica abrindo e fechando ^_^

        Mas era um inferno de jogar com o controle do Atari, vou te contar… para passar em linha reta pelas aberturas nas barreiras era um parto.

        Curtir

        • Ehehehe, os efeitos sonoros eram incríveis, típicos “atari” mas combinam com aquelas barreiras como nada parecido! E sim, é difícil demorar uma partida em Laser Gates, ele começa fácil e fica beeem difícil logo quando as barreiras ficam rápidas! Tanto que os high scores por aí são bem baixos. Se não me engano, o Marcus Garret tem um score no twin galaxies em Laser Gates (mas não é o primeiro)! Quando eu for no Rio de Janeiro a gente tenta bater e mandar pra lá :P

          Curtir

  16. Quem diria hein seu Eric? Vc indo de portátil? hehe

    Mas, sua estréia foi em grande estilo,com certeza!

    abs

    Curtir

  17. Cast mais seguista de todos, fato! Só faltou jogar um filtro de iluminação azul na imagem! (sem graça)

    Como tinha dito nos bastidores, invejável a sua aquisição. Aliás, até entendo porque você possuía certa aversão aos portáteis… Eu também não sou muito usuário de portáteis, e também tinha uma certa rejeição até pegar o Game Boy Color há bastante tempo. A tela é pequena, nem sempre a gente acha uma boa posição para jogar, mas havia diversos jogos divertidíssimos. É uma questão de costume mesmo.

    Aliás, depois reporte quanto tempo as pilhas recarregáveis duraram aí.

    Curtir

    • @Euler Pois é Euler, nunca foi a nossa mesmo eheheheh… vamos ver se o negócio empolga, vai dar pra rodar Aleste com o adaptador do Master ;-)

      @Rafael Fernandes Hahaha! Verdade, esse eu mesmo passei a mão na cabeça na edição “xiiiii…” rsrs… devia ter produzido esse em parceria com você, ia ajudar a reforçar o clima Sega, vai que c usa um filtro azul (sem graça [2]).

      Sim, e sobre o lance das recarregáveis, parece que não é indicado o uso, de acordo com o Odrakir que comentou acima. Vou confirmar com o Osires (da oficina de eletrônica, do Telejogo) mas pelo jeito vou acabar comprando a tal Power Battery que o EduShiroma sugeriu. Mas se não houver problemas graves em usar recarregável, testo e aviso sim.

      Curtir

  18. Como sempre um Cosmic Fast sensacional!

    Ao contrário de você, boa parte da minha vida gamística foram com portáteis. Mais do que isso, foram com portáteis da Nintendo: primeiro o Game Boy há muito tempo atrás, numa galáxia distante; depois, com o GBA 1º modelo que eu tenho até hoje, e por último, com o DS Lite, aonde jogo initerruptamente e levo para onde eu vou durante mais de 5 anos (e ele continua inteiro!!). E te digo que você perdeu muita coisa durante esses anos! Até porquê muitos jogos não só são divertidíssimos como eles só poderiam existir mesmo em um portátil. Sem falar da portabilidade de você poder jogar onde você quiser.

    Aliás, esse é até um dos motivos da Nintendo ter reinado nos portáteis até hoje: a duração da bateria. E isso é um fator importantíssimo, afinal você não quer ficar, por exemplo, preso num engarrafamento infernal num ônibus sem poder se distrair com o seu portátil por conta da bateria ter acabado, hehehe…

    Curtir

  19. Parabéns pela sua aquisição Eric,aliás o Game Gear foi um portátil para poucos na sua época,o que gera muita curiosidade e desejo ainda hoje nos fãs da SEGA e gamers em geral.Quando você abriu a caixa do Sedex eu esperava um monte de plástico bolha e durex mas…que surpresa,Uau,que maleta linda!!!Bem vindo ao clube dos portáteis!E quando você fechar o primeiro jogo no Game Gear posta o que você achou da experiência para nós,o portátil foi um sucesso,muita gente conhece,mas no Brasil imagino que poucos tiveram gameplay com ele.
    Tenho um PSP emulando tudo!Imagino às vezes meu PSP como uma versão “micro” do Superconsole,porque é nele(PSP) que eu volto no tempo através de tantos jogos incríveis além dos jogos nativos da plataforma.
    Eric,agradeço pela inclusão no Cast da “Rise From Your Grave” ela é curta mas é maravilhosa! e pra fechar…que saudade da Ação Games,sim ela foi a melhor publicação nacional do gênero.

    Curtir

  20. Ótima aquisição! Realmente em bom estado e já veio com alguns cartuchinhos e com maletinha show da Sega. Cosmonal, gostei de poder ver de novo aquela Ação Games, hein? Histórica. Eu ficava babando com aquela página comparativa entre Master e Mega. Uma coisa que acho legal é que o Game Gear, me parece, recebeu o mesmo tratamento de qualidade que o Master e o Mega receberam, em termos de produto. Tudo era bem produzido: embalagens, cartuchos, manuais… Recebeu um tratamento mesmo de… console. hehe.

    Curtir

    • @Adney Luís Pois é, meu caro Adney, pelo jeito perdi bastante coisa boa nos portáteis mesmo. Foi mesmo uma questão de circunstância, e realmente pesava o fato de eu sair pouco, nunca estudei muito longe de casa (então sem longas “sessões” dentro do ônibus) e o fato de ficar muito em casa… por aí vai. Bom, nunca é tarde! Como vou, na prática, jogar o GG em casa, a bateria não será um problema, rs. Mas para a vida real, realmente isso deve ter atrapalhado horrores, imaginei a bateria acabando no meio de uma luta com um boss importante, rsrs…

      @Grande Dactar!! heheheh, pois é, curiosamente a maletinha não foi decisiva na escolha do vendedor – porque o lance do console problemática pesava mais – porém, dei sorte de achar um vendedor com os dois “predicados”, porque queria mesmo aquela maleta! :D Seu PSP é o “SuperConsole portátil”, putz, deve ser fabuloso emular em qualquer lugar com aquela tela fantástica do PSP hein… Legal mesmo. Que bom que curtiu a Rise… naquele “momento Ação Games” ali :D

      @Mario Cavalcanti Ummmm, ótimo ouvir isso sobre o tratamento dado ao Game Gear, dá mesmo essa impressão! Já li por aí gente que considera o Game Gear até underrated, vamos ver.

      Curtir

  21. Desculpa o atraso Eric, só agora consegui ver o vídeo. Parabéns pela aquisição meu amigo, com certeza, como você mesmo disse, causou uma puta inveja, hahaha.
    Tá lindão esse GG hein? E cara, quanto jogo hein! Já experimentou o Shinobi 2 the Silent Fury? Gosto muito desse! Abração!

    Curtir

  22. Ah, sou eu, Leo S. do QG Master, é que mudei meu avatar, e ao configurar deixei sem meu nome, já tá arrumado. Abraço!

    Curtir

    • hahahah, valeu Léo! Eu sei que é você porque já tinha mudado o avatar no twitter antes, rsrs… confesso que prefiro o anterior por motivos históricos, não posso evitar :D

      Rapaz, já estou a procura dos dois Shinobis do GG, acho que você que citou no twitter por sinal. Pretendo fazer um post bem legal sobre eles um dia por aqui, valeu!

      Curtir

  23. Nossa, nunca imaginei que seria o Game Gear o portátil apresentado como seu primeiro. Realmente o estado de conservação, a maleta e acessórios estão impecáveis!

    Me lembro de ter jogado Game Gear apenas uma vez, na casa de um conhecido da família. Ele foi gente fina e me deixou jogar bastante no sofá, com ele ligado a fonte. O jogo em questão foi o After Burner, eu era muito novo, mas na época gostei do jogo.

    Nunca fui muito de portáteis, só tive mesmo aquele mini-game de tela monocromática de futebol (você controlava o goleiro, rebatendo a bola) e um “Brick Game” com o famoso tetris, monocromático também.

    Hoje, jogo só no Iphone. Mais para matar o tempo no ônibus ou em alguma sala de espera. Mas jogos como Dead Space e Sonic 4 Ep1, são daqueles que me fazem jogar mesmo quando estou em casa! ;-)

    Curtir

    • Opa, mais um fã de Sonic 4 Ep1! Somos raros, bem-vindo ao fã-clube oficial Frank, agora somos eu, você, Gagá e Danilo (risos).

      After Burner do Game Gear, putzzzz…. procurando AGORA no MercadoLivre, obrigado por lembrar…

      E sim, Dead Space no iphone/Android está um estouro hein…..

      Curtir

      • hahaha, eu gostei muito da jogabilidade de Sonic 4. Mostrei para um amigo que é fã do Sonic clássico de Mega Drive e ele disse que achou o jogo legal, mas não gostou nenhum um pouco do design do personagem mais magro. Sinceramente, enquanto jogava, isso não me incomodou, mas talvez porque eu não tenha jogado tanto o Sonic no passado. Joguei mais na casa de um primo, já que nunca tive consoles da Sega. Mas achei um ótimo jogo, só não consegui passar da fase final :-(

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: