Anúncios

O Primeiro Console A Gente Nunca Esquece: Atari 2600*

O ATARI 2600

*extraído da página que inaugurou o Cosmic Effect, O SuperConsole, para o meme “O Primeiro Console A Gente Nunca Esquece”.

Em 1984, o primeiro videogame da família foi adquirido: O Atari 2600. Acompanhado de Pole Position e Defender, minha vida gamística estava prestes a se iniciar. E assim aconteceu.

Não foi uma escolha difícil, pois a maioria dos amigos possuía Atari (acervo de cartuchos estendido automaticamente) e já tínhamos tido contato com o Odyssey – que parecia ter uma biblioteca menor de jogos, apesar de ser um videogame de aparência sofisticada – provavelmente por conta da presença do teclado no console. Além disso, o marketing da Atari, mesmo no Brasil, era fantástico. Joguei Atari até não poder mais. Fazia campeonatos em casa (um teve até troféu artesanal) com os amigos; voltar correndo da escola porque trocou cartucho com coleguinha e está louco para experimentá-lo – os jogadores de Atari sabem bem do que estou falando.

A primeira vez que saí sozinho de casa, aos 7 anos, foi para devolver uma fita na locadora (!) do meu bairro – a boa e velha locada no sábado para devolver na segunda. Gostava de explorar os jogos enigmáticos típicos da plataforma – só fui entendê-los na era da Internet: Raiders Of The Lost Ark, Porky’s, Riddle Of The Sphinx e os Swordquest me fascinavam em especial. No Atari tinha de tudo, de jogos que poderiam ser chamados de “títulos AAA” como H.E.R.O., Adventure, Montezuma’s Revenge, Cosmic Ark, James Bond 007 passando por cartuchos escabrosos de ruim, como (não, ET não era ruim)…  deixe estes pra lá. Como não havia o conceito de ‘fim’ nos jogos, pois em geral eram competitivos, alguns títulos inspiravam o jogador a jogá-lo incessantemente, talvez numa promessa de algo diferente acontecer em algum momento. Cosmic Ark, por exemplo: eu jogava acreditando que se conseguisse resgatar uma certa quantidade de alienígenas, surgiria algum cenário diferente, possivelmente o planeta originário da nave que controlamos. Enfim… na era do Atari 2600, havia um senso de descoberta, imaginação e mistério que provavelmente nunca mais se repetirá nos videogames. Hoje, todos os jogos estão documentados na rede e a equipe desenvolvedora tem twitter e facebook.

Para ilustrar essa imaginação tão intensa e divertida que só o nosso primeiro console pôde nos trazer, convido-os a assistir este vídeo que fizemos recentemente sobre um cartucho muito especial: o simples e épico Adventure, de 1979, produzido pelo própria Atari. Tenho certeza que após assistí-lo por inteiro, a memória de cada um de nós sobre a aventura que certos jogos do nosso primeiro videogame nos trazia (seja ele Atari, Odyssey, NES, Mega, Master, SNES…) se tornará tão intensa que você vai parar o que estiver fazendo para jogar aquele jogo favorito daquele console… :)

Quem não viu o vídeo a seguir aqui no nosso blog, se tiver um tempinho adoraria que assistisse e compartilhasse da sensação conosco :)

É, amigos… a primeira vez a gente nunca esquece.

Clique no play e aumente o volume :)

*O vídeo é o “Cosmic Fast #6: Adventure”, da série de vídeos
sobre retrogaming produzida pelo Cosmic Effect.

Blogs participantes do meme
“O Primeiro Console A Gente Nunca Esquece”

* * *

Anúncios

37 Respostas

  1. Bacana! Atari 2600 define exatamente o que é um videogame! =D

    Pena que aqui no trampo não posso ver videos do youtube, mas chegando em casa vou assistir o Cosmic Fast do Adventure.

    Abraços

    Curtir

    • Ô Adinan, assiste mesmo que esse episódio ficou uma curtição, e com várias surpresas no final… ;-)

      Abração!

      Curtir

      • Assisti ontem o Cosmic Fast e cara, ficou muito bom! Adorei a comparação com o Elder Scroll IV e, embora este seja um excelente jogo, o video ficou muito mais divertido quando o Adventure nivel 2 apareceu! Chegando em casa vou encarar o nível 3! =D

        Abraços

        Curtir

  2. Ow… e o Atari divirgina mais um retrogamer.
    Será que é porque estou aqui no Cosmic Effect ou é sempre assim, não sei porque, mas quando leio textos falando de Atari fico escutando os barulhinhos clássicos na minha cabeça. Estranho, não?

    Curtir

    • eheheheh, nada estranho, Gabriel, nem sei se você viu o vídeo – depois de assistí-lo, tenho certeza que Adventure não vai sair de sua cabeça :)

      Curtir

  3. Cara…. vou falar com vocês… Iniciei-me no snes. Tive contato com o atari quando era muito pequeno (era do meu irmão mais velho e ele não levava muito jeito para dividir os binquedos, rsss) mas adorei esse post.

    Aliás, já assisti quase todos os videos e, dando uma olhada na lista do videocasts, não encontrei esse. Corresponde a qual videocast? no meu só tem cosmic fast até o 3…

    No mais pesso que continuem produzindo mais videos maravilhosos desses. Unem belas músicas e lindos jogos (duas de minhas paixões)

    Vocês são feras

    Obrigado mesmo

    Curtir

    • Paulo, brigadão cara, que bom que curtiu os vídeos.

      Sim, você tem razão, ainda não atualizei a aba “Videocasts”, acabei de corrigir, faltavam 3 vídeos – pinta lá de novo se tiver mais um tempinho.

      Fica um spoiler pra você e quem estiver por aqui :) O Cosmic Fast #7 está subindo agorinha e está bem divertido também ;-)

      Grande abraço!

      Curtir

  4. Quando ganhei meu Dactar foi mágico porque tudo era novidade,desde colocar o joystick até instalar a caixinha de RF(com aquelas garrinhas de alumínio) atrás da TV.
    Meu primeiro cartucho 4 jogos foi este:

    Triangulo das Bermudas (bermuda triangle)
    Damas (Checkers)
    Condor Attack
    Luta Submarina (seaquest)

    mas o primeiro game que foi responsável por muita jogatina mesmo foi:
    HERO, meu amigo ,esse game mora em definitivo no meu coração junto com River Raid,há saudades!
    Cosmic Ark eu joguei muito também! o que mais me atraía neste game era que ora você estava com a nave mãe destruindo asteróides ora a missão era resgatar os pequenos seres na parte inferior da tela,quer dizer essa alternância me motivava a sempre jogar mais.
    Outros games sensacionais que devo citar:

    Frost Bite
    Megamania
    Keystone Keepers
    Enduro
    Boxe
    Adventure

    entre muitos outros é claro. :)

    Eu também fazia campenoatos com meus amigos no Enduro e River Raid e cara,todo mundo jogava,todo mundo assistia o colega para ver se ele bateria a pontuação ou não, isso tudo regado a muita guaraná, coca-cola e cachorro-quente feito em casa,não existe outro momento na minha vida em paralelo aos consoles que tenha tanta referência nostálgica do que a era Atari.
    Sobre o vídeo do link”o marketing da Atari” você percebeu como o conceito de família foi usado como palavra-chave no comercial?E o que dizer do locutor forçando o “erre” de Atarrrri,muito show! :)

    No que tange o console e as primeiras experiências com aquela coisa de “jogar videogame” o Dactar foi imbatível na minha vida de gamer mas devo também fazer justiça e citar meu Nintendo,quer dizer,meu TurboGame CCE,sim eu só tinha os “genéricos” ha ha ha ha kkk,ele tinha duas entradas no console para jogos JAP e USA(que tinham 72 pinos!).
    Eu digo isso porque em relação ao conjunto dos jogos a era NES me marcou bem mais que a era Atari,foi uma época que estabeleceu muitos dos conceitos até hoje usados pelo mercado de videojogos(estamos em Portugal? ha ha ha)ou games.

    Muito interessante ver vários Blogs discutindo o mesmo tema,cada um com seu jeito,estilo e experiências próprias,também vale para conhecer outros blogueiros da comunidade gamer.Gostei muito disso. :)

    Eric, eu fiquei muito feliz quando você postou as duas fotos mostrando a caixinha do cartucho Dactar 4 jogos e melhor, uma delas com o meu nome e o LOGO da Atari ao fundo do meu comentário no post do Adventure,cara foi muito legal mesmo, é claro que eu salvei as fotos e vou guardar com carinho.
    Grande abraço Cosmonal.

    Curtir

    • Mestre Dactar, você então está participando do meme entre os blogs de retrogame com o seu comentário, que bom que compartilhou conosco sua história… que, claro, tinha de ser com o Dactar!!

      Um dia a gente se encontra rapaz, pra uma partidinha de Condor Attack – imagino que você adorava ele, era um patinho feio, mas alguma coisa atraía a sempre voltar pra jogá-lo não é mesmo?

      ô rapaz, que bom, ali (as fotos) foi presentão pra você mesmo, meu caro!

      Você não citou um jogo ali que não merece ser jogado até hoje e precisa ser experimentado por quem nunca jogou. A variedade de gameplay dessa época é algo não superado até hoje. Nosso Atarrrri é o videojogo imbatível! ;-)

      Forte Abraço, mestre Dactar!

      Curtir

  5. Haha acho q só eu não comecei com o Atari mesmo rsrs’ Eu ainda vou tirar um dia para jogar esse Adventure… Parece divertido e todos falam bem dele… rsrs

    depois coloca lá o link do meu blog ae na lista…

    Curtir

    • Experimenta mesmo o Adventure, tenho certeza de que se você ver o vídeo apresentado neste post, antes de jogar, vai curtir bastante ;-)

      Já adicionado o link pro Game Genius, valeu!

      Curtir

  6. Ótimo post, nostalgico e dramático assim como vários outros participantes deste MEME, jo link do seu post já foi adicionado ao post do JCOAS.

    Atualiza a sua lista de blogs participantes, a do JCOAS tá bem atualizada, dá uma Ctrl+C lá… E comenta nos outros blogs participantes avisando que seu post tá dentro também, eu mesmo só descobri porque meu irmão me avisou, você ajuda a divulgar o seu post e o MEME em geral, tá de parabéns cara, excelente participação…

    Aproveitei a deixa e fiz uma divulgação do seu post no Twitter para ajudar as pessoas assim como eu que não tavam sabendo que você tava participando…

    Aquele abraço.

    Curtir

    • Valeu mesmo Solo Player pela atenção em divulgar, aproveitei e atualizei seu link do meme e da barra lateral para o .com.br :)

      Abração, indo lá.

      Curtir

  7. Poutz, queria ter aproveitado mais o tempo que tive com o Atari!

    lembro que quando meu velho comprou o Atari meu tio já tinha um super nes, então revezava os dois, hahaha!

    Gosto muito do Atari e acredito que ele seja um dos games que marcou varias gerações!

    Otimo post vei!

    Quando puder vejo o videocast também, sabe cumé aqui no trampo! hahaha!

    Obs. Vei, falta o link do Arquivos do Woo ;)

    Curtir

    • Valeu mesmo Cyber, quando puder veja mesmo o vídeo – ele é quem “explica” melhor a sensação que tínhamos nas nossas jogatinas fantásticas com nossos primeiros videogames :)

      Abração, atualizei a lista inteira, incluindo outros links também, valeu por lembrar.

      Curtir

  8. Boa Cosmonal!
    Rapaz, aqui na rua também tinha campeonato de Atari XD Como os jogos eram só de pontuação, nós selecionavamos os jogos que tinham o crescente de pontuação mais ou menos igual (que eram a maioria, mas tinham alguns que enquanto você jogava meia hora dos “normais” e fazia 10.000 pontos, em outros você tinha até mesmo menos dificuldade e fazia 200.000) e fazíamos uma contagem desses pontos no final pra ver quem eram os vencedores.
    Nunca ganhei, óbvio XD mas Pitffal e Seaquest garantiam uma boa colocação na tabela kkk

    Curtir

    • ahahaha, interessante o método dos campeonatos de Atari da sua rua, muito justo, anotado aqui para o próximo camp… ops, estamos em 2011, droga, não tem mais campeonato de Atari nem sessões de Decathlon com a galera! ;-)

      Valeu Sabat, o vídeo eu sei que você já tinha visto, valeu meu caro.

      Curtir

  9. Olá! O Nintendo Blast está na onda também agora gente. Já adicionamos o link de vocês no nosso post.

    Segue o nosso link: http://www.nintendoblast.com.br/2011/04/o-primeiro-console-gente-nunca-esquece.html

    Um abraço!!!

    Curtir

  10. Eu comecei no Atari, mas vou escrever algo do
    Snake in the box o que eu considero o meu primeiro console, que é o TOP GAME VG9000, porque foi aí que eu me tornei gamer inveterado.

    No Atari joguei muito, mas não ao ponto do clone do nes! ^^

    Curtir

    • É mesmo Daniel, esse lance do primeiro console pode ser relativo mesmo. Pelo que percebi, o seu de coração é o VG9000, mesmo não sendo o primeiro console que você teve.

      Valeu, abração!

      Curtir

      • Pois é, acontece, um exemplo disso é que no Top eu finalizei jogos como Double Dragon II, Tico e Teco, vários megaman, Mario 2 e 3 e eu ficava: caraioooooo, finalizei isso!

        Acho que aquilo que eu posso dizer que eu finalizei com maior gosto foi Megaman 4, que foi até apresentado numa videogame de tempos atrás.

        E como grande parte dos jogos do Atari não tinham fim, um pouco que me frustrava.

        Curtir

  11. Eric, este vídeo do Adventure do Atari é sensacional! O.O
    Eu acho que praticamente toda a geração Atari foi assim – precisavámos imaginar algo que na verdade não enxergávamos. Alguns jogos nem tanto, pois você tinha a concepção da proposta disponível através dos gráficos (Enduro, River Raid são alguns exemplos).

    Um outro jogo que eu acho que encaixa nesta proposta é o clássico Haunted House. Nunca conseguir imaginar que, aquele “círculo” marrom que ficava em volta dos “olhos” do personagem, seria a representação da luz. Jurava que era um monstro, mesmo sabendo que não era, mas não tinha como XD.

    Demais mesmo. Esta me dando idéias sua colocação meu caro.
    Meu primeiro console foi um Atari 2600 e o primeiro jogo Pac-Man XD

    Curtir

    • Grande Mano Beto, rapaz, lembrou de outro que serve perfeitamente pra ilusttrar a idéia, tem toda razão: Haunted House. Assim como o senso de aventura épica rolava com Adventure, o medo “survival horror” funcionava muito bem no Haunted House, muito bem lembrado. O pessoal também tocou no Fantastic Voyage, que criava uma tensão enorme com os efeitos sonoros e o lance da gente imaginar o que iria encontrar no corpo humano. Muito legal sua lembrança.

      E outra: eu também achava que ele era um monstro ahahahaha, essa foi boa!! Nossa imaginação andava alinhada ahahahah! Acho que com a luz acesa, parecia ser um lobisomem, talvez com uma barba muito grande, sei lá, rsrs

      Você é mais um que se divertiu com o Pac-Man do Atari, tão criticado, mas tão adorado por nós que tinham o console não é mesmo?

      Abração meu velho!

      Curtir

  12. Eu sei que já se passou algum tempo desde que o meme rolou mas você poderia atualizar com o novo meme que foi escrito lá no meu blog…
    escrito por Romulo Kusanagi

    http://xgamegeniusx.blogspot.com/2011/05/o-primeiro-console-gente-nunca-esquece.html

    Curtir

  13. Atari eu joguei demais… na casa dos outros, rzs… afinal só fui ter vídeo-game depois de velho, mas tenho boas recordações do bicho. Hoje tenho um TV Game com alguns jogos na memória e funcionando, só tenho que dar uma regulada nos controles depois.

    Curtir

  14. HAHA joguei o adventure!! muito divertido =D dá pra perder um tempinho nesse jogo… muito divertido MESMO…. me sinto nostalgicamente satisfeito Hhaa

    Curtir

  15. Fala Eric, cara o texto é animal, mas o vídeo ficou sensacional. Muito bom mesmo!!!! Adventure é realmente um jogo épico, marcou a vida de muita gente. Caiu até uma lágrima aqui.
    Depois dá um pulo no QG e veja meu post sobre o meme.
    Abração!!!

    PS.: Cara, toda vez que vejo o SuperConsole eu fico babando, vc é foda!

    Curtir

    • Grande Léo! Que bom que se emocionou com o vídeo rapaz! Indo lá agora no QG Master e torcendo pro seu primeiro ter sido o nosso querido Master System ;-) Abração

      PS: Se um dia você vier a Salvador, claro que está convidadíssimo a uma partidinha de Altered Beast do Master lá no SuperConsole :)

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: