Anúncios

Gamesfera 007 – Jogar em Full HD não é nada

Uma ‘placa de vídeo’ que processa 3 gigabytes por segundo? OH YEAH!

Anúncios

6 Respostas

  1. Parabéns, Arnaldo! Você conseguiu sintetizar, de maneira relativamente fácil de entender, um assunto bem complexo. Isso abriu meus olhos para 2 fatores sobre os jogos de PC: a taxa de transferência e o consumo em watts das placas de vídeo. Isso esclarece, de uma vez por todas, a importância de se comprar uma fonte mais potente antes de comprar aquela placa de vídeo poderosa.

    Curtir

    • Exatamente, Frank! A gente se acostuma com os resultados no cotidiano e se esquece da quantidade de energia que temos a nosso dispor =]

      Por mais avançado que seja o dispositivo (console/computador) temos que pagar a conta dos Joules (trabalho) que fazem nossa diversão acontecer.

      Curtir

      • É isso aí, Arnaldo! O principal motivo de eu não fazer upgrade de placa de vídeo + fonte aqui no meu PC é exatamente esse, além do consumo a mais a ser pago no final do mês, não vivo mais sem nobreak e o meu de míseros 600 VA não aguentaria o tranco! :-(

        Curtir

  2. Grande Arnaldo, realmente é o professor Pardal do CFX :)
    1.3TB por horinha de jogo em 1080p? Realmente um belo número, se tivéssemos que pagar por esse fluxo como pagamos a internet aqui no Brasil (cara e algumas vezes com limite de tráfego mensal) eu voltaria para o Nintendinho =P
    Abração e valeu!!

    Curtir

    • HAHAHA! Voltaria com prazer!
      E isso conta mesmo.

      Já pensou no contraste de 1h de gameplay no NES?
      Com aquela resolução modesta (256×240 [224]) a 60 fps (na maioria), e 25 cores (5 bits) temos, a grosso modo, 256 x 240 x 1 byte (5 bits “arredondado”) x 60 = 3.686.400 -> 3.7MB/segundo;

      Daí, em uma hora (3600 segundos), temos: 3.7 * 3600 = 12.36GB/hora !!! Já é considerável não?

      Podemos até “medir” o rendimento do safado, levando em conta seu consumo nominal que é de 9v x 1A = 9W. Estes 9W é o consumo por hora!!! Então, pegamos os 12.36GB e fazemos uma razão para descobrir quanta energia cada byte “exige” nesta corrida: 9/12.36G = …

      0,00000000073 W / byte -> ou 73pW / byte (73 pico-Watts/byte)
      Bem eficiente =]

      Já o PC com seu 1.3TB/hora e uma fonte de, digamos, 700W, nos dá: 700W / 1.3T = 53pW / byte (53 pico-Watts/byte). MEGA Eficiente o.O

      Surpreso, não?!
      Isso prova a teoria do “rodar com o taxi vazio” =]
      Caro mesmo é ter um computador moderno e deixar a CPU abaixo de 100%.

      CPU ociosa === desperdício de energia (foi por isso que a Intel inventou o throttle (DFS – SpeedStep) para as CPUs multiescalares). Mas isso é ooooutra estória…

      []s,

      AD

      Curtir

      • É verdade, 12.36GB já dá pra começar a conversar…rs
        “Caro mesmo é ter um computador moderno e deixar a CPU abaixo de 100%”, sensacional o raciocínio e a brincadeira Arnaldo…rsrs

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: