Anúncios

Games Com Café 001 – A 8ª Geração Dos Videogames

Games Com Café 001 - Banner

Games Com Café. Dois dos melhores prazeres da vida em um só vídeo.

Com o Wii U lançado, o Playstation 4 anunciado e o novo Xbox envolto em mistérios, a oitava geração de consoles promete muitas surpresas (nem todas boas).

No primeiro episódio desta nova série do TheBoss, nós batemos um papo sobre o que a próxima geração trará e nos perguntamos: O lançamento de um novo console ainda carrega a mesma magia de antes? Claro, tudo isso regado a um delicioso café.

Games Com Café 001

A 8ª Geração Dos Videogames

 


Anúncios

22 Respostas

  1. Eita Eric,mais uma grata surpresa. Excelente debate vocês dois hein.
    A minha opinião sobre esses games novos é a seguinte, para mim não me interessou muito pois, os jogos estão hoje recheados de sensualidade, erotismo e violência exacerbada, o que me afasta muito dos jogos. Ai vem uma respota desta pergunta: porque gosto tanto do Shadow of The Colossus? é o fato de para mim ser um jogo épico, desafiador, cativante, e uma nova estrutura que muito jog não pensou e depois foi plagiado em alguns games, suas idéias.
    Hoje se fala muito em remake ou origins, aon inés de tambem trazer muitas fórmulas abandonadas do passado.

    Estou torcendo para a equipe russa do Yard Team conseguir efetuar o remake do Rock And Roll Racing, jogo que me marcou demais, jogava direto com meus amigos, fechei ele duzias de vezes e volta e meia eu volto a jogar ele no PC.

    Outro fato que me afasta é os preços que são abusivos ainda.
    Sou assalariado, então fica difícil pagar prestações num game hoje.

    Sobre sua nova aquisição, um PC Engine, eu ja estou negociando um com uma vendedora, e ela me fez um preço muito bom e pretendo comprar ele em breve um modelo core grafix, loose completo com controle e jogo, não entenda que tenho inveja, tanto que deixei claro que se o Dr. Mame não mandasse pra voce eu gostaria de ficar com ele sim, mas se você foi o beneficiário espero por matérias sobre ele que é para mim um sonho de consumo de muitos anos, me lembro da primeira vez que o vi e joguei numa locadora por hora o Akumajo Dracula X Chi no Rondo ( Castlevania Round of Blood), putz que emoção, que trilha sonora. Só que jogar por hora era muito caro e quase terminei la, mas como apagavam os saves ficava quase impossível terminar. Fui terminar a 3 anos atras o jogo no PC mas ainda sentia falta do game fisico.
    Estou prestes a relizar meu sonho, mesmo que somente a versão mais simples do console, ams já me contento e muito. O Dr. Mame nem respondeu meus e-mails, fiquei até chateado com isso mas é assim mesmo.

    Eu mesmo sou um autêntico retro gamer pois não consigo gostar dos videogames atuais, pretendo comprar um Wii mesmo mas não o Wii U, só para encher ele de jogos retro.

    Nossa falei demais mas obrigado pelo espaço e não vou mais te incomodar com a camisa do CFX Team ok. Rsrsrsrsrsrsrs.

    Ah tenho uns manuais de Master System aqui que ganhei, voce gostaria de receber eles?

    Abraços e Get Going!!

    Curtir

    • Shadow of the Colossus é um jogaço mesmo! E falando de jogos mais atuais, achei que algumas boss fights do jogo Outland (XBLA/PSN) tem uma pegada que remete bastante ao jogo supracitado. Será que nem para uns jogos assim, você daria chance?

      Tem também no site um review feito pelo Dancovich:
      https://cosmiceffect.com.br/2011/06/28/outland-xbla-psn/

      Rapaz, nem me fale em RRR! “Odeio” a Blizzard por ter jogado o jogo no ostracismo, tenho o cartucho de SNES até hoje, gostava muito dessa mistura de corrida com combate, era uma combinação perfeita! … Ah, como eu gostava e pegar a liderança, dar um “cavalo de pau” e dar uma saraivada de misseis nos carros que vinham atrás! Ou ver o indicador de posição do carro inimigo no mini mapa, fazer um cálculo rápido da trajetória e acertar um míssil em um carro que eu nem estava vendo, que gratificante! :-)

      Curtir

      • É Frank Valeu pelos comentários. Rapaz tem muito jogo indie bom nos consoles atuais, mas eu tenho muitos, muitos jogos mesmo para terminar, daqui uns 10 anos compro um ps3 que ai ja vai estar retrô mesmo né. Sobre o RRR nossa nem me fale, eu também adorava tirar uma onda com meus camaradas da época. Muito bacana esse jogo, a Blizzard hoje só vive do WOW e esse é outro jogo que não tenho interesse nenhum de ter e jogar, pois como já citei anteriormente, detesto jogos online, eu era mais a galera reunida na sala jogando algo multiplayer. Mas gosto é gosto.

        Curtir

        • Entendi, Ulisses! Quanto a questão do Multiplayer online, só não concordo com ser questão de “gosto”. Pois para os gamers mais velhos, que casam, mudam de cidade, etc, fica mais difícil de se reunir no mesmo local, aí o Multiplayer Online quebra esse galho.

          Mas concordo que na grande maioria dos jogos estão deixando o Multiplayer local de lado propositalmente. Um jogo que a Ubisoft alega ter pensado nisso, foi o Rayman Origins, que suporta apenas Multiplayer local, nada de online, disseram que a intenção era reunir a galera, mas quem quer ou só tem oportunidade de jogar multiplayer online, ficou na mão.

          Curtir

    • Putz, cara, te juro que não vi o seu e-mail. Pelo visto ele acabou indo pela caixa de spams. Desculpe mesmo, cara, não foi a minha intenção menosprezar o seu e-mail.

      Para compensar esse mal-entendido, já que você será mais um feliz possuidor do Pc-Engine, aqui vai um link para um produto que com certeza vc vai achar bem interessante:

      http://krikzz.com/index.php?route=product/product&product_id=57

      Traduzindo, é um flashcart desenvolvido para o PC-Engine, que permite você jogar qualquer jogo do console gravado em um cartão micro SD (que vai dentro do flashcart). Aqui vai uma pequena lista de lojas que vendem não só esse, mas vários outros flashcarts para consoles antigos:

      http://krikzz.com/index.php?route=information/information&information_id=7

      Eu já encomendei o meu e passei o link para o Eric também tirar proveito.

      Espero que esses links resolvam esse mal-entendido, cara. =D

      Curtir

      • Eu acredito em suas palavras, mas você deu para o Eric um console que tenho muito desejo de adquirir, de verdade mesmo, eu o conheci em 1993, o ano em que saiu o Castlevania, e acabei jogando ele na época mesmo, nossa um excelente jogo. Fora Bonk, Raiden e seus maravilhosos shooters. Quero mesmo para poder enfim desfrutar esses shooters. Eu ainda estou negociando ele mas ja esta certo de encomendar ele e reservar. Agora pense que é só um, outras pessoas interessadas e só vou ter dinheiro dia 30 desse mês. Só que sou assalariado, casado, tenho muitas obrigações e contas pra pagar e ganho muito pouco para sobreviver na capital de SP. Para vocÊ ter uma idéia meu PC é velho, minha TV é de tubo, não tenho luxos mas me viro aqui junto com minha esposa. As contas são altas para se manter.
        O PC Engine seria a realização de mais um sonho que sempre tive e nunca realizei.
        Era óbivio que o Eric não iria recusar a sua proposta, aí não tinha como ficar um pouco chateado com você não respondendo e o Eric que já tem na verdade todos os grandes consoles da época ter mais um. Já mandei algo pra ele antes foi muito bacana mesmo.

        Eu também não sou registrado aonde trabalho, não tenho cartão de banco, mas espero resolver isso logo, só que os jogos do PCE estão sumindo. só no japão mesmo e pretendo um dia ir para lá só para comprar algumas reliquias la mas enquanto isso continuo por aqui.

        Flash Carts são legais mas eu tenho todas as Roms junto com o Magic Engine Full Set of Roms e os principais jogos em CD do PCE, mas quero mesmo o console, jogar no controle original dele pois os de PC não são a mesma coisa.
        Tem mais 3 consoles que quero ter ainda que são um NEO GEO, Um 3DO e um Super Famicom.
        Conseguindo com o tempo esses consoles ficarei muito feliz sim.
        Para mim seria diversão garantida pro resto da vida.

        Mas valeu amigo mesmo jogando meu mail no spam.

        Curtir

  2. Parabéns Eric, Danilo e toda CFX Team, esse episódio era muito aguardado!

    Foi muito bem colocado falar da importância de Halo nos consoles! Realmente sua versão de PC foi lançada com menos cuidado do que a versão de consoles, lembro que mesmo em máquinas que cumpriam os requisitos mínimos, o jogo tinha sofríveis quedas de frame rate, alguns patches ajudavam, mas ainda deixavam a desejar. Comprei o jogo e depois de desistir de tentar jogar, ele ficou encostado durante 1 ano. Até que um amigo veio em casa e pediu para eu instalar para ele ver como era, eu desanimado, falei que iria até tentar vendê-lo porque não tinha rodado bem no meu PC… eis que após a instalação e jogar um pouco da campanha, nos arriscamos a ver o modo Multiplayer…

    … Era outro jogo: rodou de forma perfeita, sem queda de frame rate e ao batalhar usando os veículos como Warthog, ficamos maravilhados! Foi aí que insisti em jogar a campanha e consegui depois uma placa de vídeo melhor que suportava os “pixel shadders”, o que fez o jogo rodar com gráficos muito melhores, dando realmente gosto!

    Mas esperem aí que ainda não acabou não! :-P Um dia, ia começar a jogar quando me chamaram para almoçar, empolgado para começar a jogatina, deixei o PC ligado e porta do quarto aberta, quando de repente ouço uma música bem alta e arrebatadora! Eu nunca tinha deixado o jogo no menu por muito tempo, pensava que a música ficava sempre naquele tom “baixinho”, foi aí que conheci a maravilhosa trilha de Halo! :-)

    Desculpem, amigos! Acabei falando só de Halo! Mas fora essa minha experiência, é inegável o impacto que o jogo teve nos consoles, podem testar: liguem um Xbox / Xbox 360 com 4 controles numa TV grande e convide os amigos para jogar o Multiplayer split screen, mesmo quem não é lá muito chegado em FPS, corre um risco enorme de se divertir demais e quando lhe encontrar depois dizer: “Ô, vamos fazer uma Halo Night aí?”

    Curtir

    • Halo Night. By Bazinga. ;-)

      Ótima sua história com Halo, mister Frank! E ainda terminou com o tema original, sensacional… rapaz, deve ser incrível mesmo Halo com 4 jogadores “ao vivo”, ironicamente, não na “Live”! :)

      Curtir

  3. Já fiz algo parecido a algum tempo atrás, porém no lugar do café usei cerveja, ai sabe como é né, depois da terceira caixa não saia mais comentário nenhum pertinente a jogos. heheh!! Pude ver também que não fui o único a ficar chorando pelos cantos quando meu SNES demorou mais de um mês pra chegar, lá nos idos de 1992. Culpa dos Correios, que até hoje, ainda devem deixar muitos gamer ansiosos (e furiosos) com a demora na entrega. Parabéns nobres colegas pela prazerosa conversa disponibilizada no video, vocês conseguiram, ao menos em mim, trazer as velhas e boas recordações de um passado, que infelizmente, não volta mais. Obrigado mais mais uma vez.

    Curtir

  4. Games com Café ficou ótimo!
    O formato do vídeo casou muito bem com a dinâmica da conversa com Danilo,parabéns Eric!!!
    Legal saber que seu sobrinho gostou de Shadow of The Beast assim como de LEGO Batman,isso é interessante,afinal é o jogo pelo jogo,o conceito de geração não influencia em nada neste momento,principalmente para o novos jogadores.

    Eu,pessoalmente,tive 4 grandes impactos/momentos no mundo dos consoles.
    1-Master System,com gráficos totalmente diferentes do Atari e um som excepcional para a época…
    2-Mega Drive,principalmente pelo poder gráfico e o belo design,pra mim o console mais bonito de todos os tempos…
    3-Super Nintendo,trazendo um controle de 6 botões,aquilo explodiu minha cabeça…
    4-Playstation One,com aberturas cinematográficas nos jogos e todo aquele conceito 3D que até hoje eu não absorvi completamente he he he…

    Eu entendi perfeitamente o que Danilo quis passar quando falou sobre a sua compra em loja física,é uma sensação completamente diferente da fria compra on-line,sem dúvida.Danilo comprou na Saraiva?Muito bem,gostei,afinal é a melhor loja do Brasil,bom…eu sou suspeito pra falar da Livraria Saraiva mas…he he he parabéns pela escolha Danilo e obrigado pela preferência. :)

    Curtir

    • @kleber do aracaju Opa Kleber, mais um que derramou lágrimas pelo seu 16-bit, rs… pois é, novo slogam dos correios brazucas:

      “Correios. Maltratando gamers desde a quarta geração” :P

      Abração!

      @Dactar Você só contou grandes “landmarks” na história gamística, muito bom! Ah é, Dactar é um “sócio” da Saraiva, ficou boa a propaganda? Passe aí pro marketing assistir, por gentileza (risos). Valeu Dactar!

      Curtir

  5. Ótimo novo programa, com uma dinâmica muito boa entre o Danilo e o Eric, e com um clima de conversa mesmo, sem parecer ter uma pauta definida (que é como esse tipo de vídeo deve ser).

    Pois é, talvez por sermos mais velhos (e por isso, temos uma visão diferente das coisas), ou ainda por termos acompanhado os video-games desde a sua tenra infância, mas também não percebo o mesmo encantamento na geração de hoje como nós tínhamos. Acho que muito disso se deve ao fato de que os avanços (especialmente gráficos) de uma geração para outra não são tão drásticos como foram até a 5a geração (Playstation, Saturn e N64). Foi até ela que tivemos as quebras de paradigma mais importantes e que regem a indústria e os jogos por ela fabricada até hoje.

    E concordo plenamente com o Danilo em relação a sensação de comprar o seu videogame in loco, na loja. Há todo um ritual que transcende e antecipa a compra em si, tal qual o prazer de ir ao cinema ao cinéfilo (como eu): a escolha do filme, a escolha do melhor lugar, a expectativa do que vai ser materializado na tela, os trailers, tudo isso faz parte da experiência. É uma sensação totalmente diferente (e bem mais humana, por que não?) do que a experiência um tanto quanto fria de comprar pela internet. Pena que não podemos ter a mesma sensação atualmente com os consoles mais antigos, já que, pelo menos aqui no Brasil, as lojas especializadas em consoles retrô são bem raras (para não dizer praticamente inexistentes).

    Curtir

    • “tal qual o prazer de ir ao cinema ao cinéfilo” -> bela comparação! Interessante também sua colocação sobre “até a 5a geração”, é mesmo, de lá pra cá temos os mesmos paradigmas de jogo e/ou retorno no tempo (com os indies e seus jogos mais mecânicos). E é tanto tablet, tando dispositivo… é o cloud gaming que começou e ninguém notou, rs… abração Adney

      Curtir

  6. Adorei a nova série. Ainda que não tenha aderido a nova geração (meu velho-novo saturn não me deixa sobrar tempo, rsss) foi muito bom ver as impressões do Eric e do Danilo e perceber que se eu der uma chance para os novos games talvez possa ter algumas boas horas de diversão.

    O site esta impecável, são horas e horas da melhor cultura gamer.

    Parabéns a todos os envolvidos

    Curtir

  7. Realmente ficou muito bom, assisti também a “DLC” do episódio…
    Acho que podemos afirmar que superou todas as expectativas, Danilão mandando bem como sempre, esses dois aí se deixarem passam a noite em claro falando de games…hehe
    Gostei de tudo, formato, diálogo sincero e espontâneo, se percebe que não é nada decorado, só achei que podia durar um pouquinho mais, porque realmente tem horas que vocês chegam em questões muito interessantes.
    Comprei o meu PS3 no fim do ano passado e sei justamente a sensação que o Danilo quis descrever, me senti meio criança e ao mesmo tempo adulto pelo fato de que dessa vez eu que pagaria o “brinquedinho”, fiz todo um ritual antes de sair de casa. Acho que pra falar a verdade me sinto assim até comprando um jogo…rs
    Ansioso pelo segundo episódio, vocês mandaram bem demais, os vídeos chegaram em um patamar de qualidade incrível!!
    Abração e valeu!!

    Curtir

    • @pbrejo Brigadíssimo pelo elogio, Paulo. Bom, seu Saturn certamente será eterno aí na sua sala, que acervo hein… :)

      @Julio Soares Mister Julio, obrigadíssimo amigo. Já filmamos o segundo episódio, edição em breve pra gente fazer esse co-op, grande abraço.

      Curtir

  8. Olá pessoal,

    Muito legal o bate-papo sobre a próxima geração. Concordo que a Nintendo criou seu próprio mundo paralelo. O problema é que eles são altamente dependentes dos próprios jogos. E se um jogo deles não vender tanto quanto esperado para alavancar as vendas do console? O que aconteceria?

    O que me empolga hoje no PS4 é a evolução do serviço PSN, principalmente a PSN Plus. Hoje, dá pra comprar quase todos os lançamentos on-line. Fora que eles estão fazendo umas promoções muito legais. Sei que isso não é típico do público retrogamer, que gosta muito da mídia física. Mas, eu gosto muito do conforto ao comprar um jogo digital.

    E, concordo com o Danilo, Bayonetta 2 realmente mexeu comigo. Mas, não creio que vá ser exclusivo do WiiU por muito tempo.

    Curtir

    • É verdade, Marcelo, se algum dia um Mario ou Zelda falharem, a Nintendo fica com as calças curtas. No final, ela parece sempre saber o que está fazendo e o console vinga, rs… se lançar Metroid então nesse Wii U, pronto, arrasa de vez :)

      Curiosamente também curto esta sua linha Marcelo, conforto do download. O tempo do retail já passou, não tem mais sentido (e espaço na prateleira)… rapaz, e sobre Bayonetta 2, puxa acho que tem razão, se o Wii U continuar sem grandes números nas vendas, esse negócio vai sair no PS4/720 sem dúvida…

      Curtir

  9. […] Este episódio apresenta o conteúdo excluído da edição do Games Com Café 001. […]

    Curtir

  10. Muito bom.

    Sugestão: ter um convidado diferente a cada episódio.

    Curtir

  11. Gostei muito do Games com Café, me lembrou alguns episódios antigos do Cosmic Cast com o Danilo, como o episodio 12 É Só Videogame, ficou muito bom, estou muito curioso pra saber qual vai ser o tema do próximo episodio! Comprar um console novo realmente é algo mágico, tenho ótimas lembranças de quando eu e meu irmão compramos o Dreamcast. Tambem tivemos que esperar muito até o cara da loja trazer ele, lembro que meu irmão pegou o videogame de manhã e colocou na frente da minha cama, quando eu acordei estava lá o Dreamcast na minha frente eheheh, bons tempos!!

    Curtir

    • @Eduardo É capaz mesmo…

      @leo_jiraya Grande Leo, amigo, episódio 002 já filmado, alguma coisa que tem jogo de luta no meio do papo, teaser? ;-) Rapaz, acordar com um Dreamcast ao lado? Difícil superar esta emoção! :)

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: