Anúncios

Game Music > Zanac – Zanac Effect

Amigos do Cosmic Effect, mais uma versão de game music pra vocês. Dessa vez fui bem longe na memória e brinquei um pouco com a música da primeira fase de Zanac (Compile) do MSX/NES. Joguei este game no MSX do Euler Vicente, mais de 20 anos atrás. Quando Euler carregava Zanac acho que eu mais olhava e curtia o visual e a música do que jogava. Era sempre fascinante ver o MSX pois, como era dono de um Atari 2600, a distância nos quesitos gráfico e sonoro era abismal entre as duas plataformas. Ver qualquer game de MSX era o mesmo que entrar numa máquina do tempo rumo ao futuro…

Enfim, 100% de minhas lembranças deste computador são através do Euler, e tenho um apreço especial pelo micro dos anos 80 porque quando o Master System apareceu, deu pra ver de cara a similaridade entre os dois; ôpa, é a chance de ter um “MSX” – constatei. E foi o que aconteceu… No Master deu até pra jogar Power Strike (Aleste) que é da mesma Compile e lembrava Zanac na hora.

Enfim, aqui está a versão batizada de “Zanac Effect”. A música é curta, simples e muito empolgante. Minha versão é igualmente pequena (apenas 2:39) e começa com a abertura original de Zanac. Não encontrei o crédito da música do original do MSX; a versão do Famicom Disk System é creditada ao Miyamo Shant. Como elas são praticamente idênticas e ambas versões foram lançadas no mesmo dia (28 de novembro de 1986), certamente ele é o compositor. Se alguém tiver essa informação, por favor nos avise nos comentários.

Espero que os fãs de MSX curtam!

Escute agora (clique em ▼ para baixar):

A versão do FDS/NES:

Zanac – Zanac Effect (by Cosmonal)
Versão por (c) 2010 Eric Fraga.

* * *

Anúncios

20 Respostas

  1. Poxa, escolha melhor seria difícil de se fazer. Zanac! Para MSX! Que jogo, que música, que desafio. Jovava com muita empolgação, zerei o primeiro e joguei as continuações.

    Gostei muito da releitura. Não entendi muito bem o início, mas logo você saca a brincadeira com os trechos e aí entra percussão, configurando totalmente a melodia. Ficou bacana com o synth. A levada ganhou um andamento um pouco menos frenético, o que é bem legal pra um remix.

    Achei bem resolvido o final também. Parabéns :)

    Curtir

    • Valeu Alexo, caramba, zerar Zanac não é pra qualquer um não! :D eu que só joguei de verdade mesmo o Aleste do Master System, era mais difícil que R-Type aquilo ali!

      E sobre a música, é exatamente o que você disse, faço um ‘teasing’ da melodia no início com um pad ultra oitentista pra garantir que o ouvinte se localize no tempo :D e tb você percebeu bem, o tempo é mais lento que a original, ficava mais adequado uma vez que você aprecia a música fora do cenário do jogo.

      Um abração e obrigado!

      Curtir

      • Ué, imagino que não seja um jogo tão “hardcore” de se terminar. Sou um jogador bem normal e terminava; tudo bem que com certa dificuldade e suor! rs Os Aleste são excelente continuações “espirituais”, mas, bem, eram MSX 2, né. Grande diferença potencial de equipamento.

        [s] Alexo

        Curtir

  2. Como sempre fizestes um excepcional trabalho! Confesso ter cometido o sacrilégio de não ter jogado Zanac, mas pelo visto este jogo tem músicas que são memoráveis.

    Após uma rápida pesquisa por aqui acabei por constatar o que já era de seu conhecimento: as músicas da versão do MSX são mesmo de Miyamo Shant. A resposta está aqui, nos créditos finais do jogo, onde podemos ver as músicas creditadas a “Miyamoto”, sobrenome de Masatomo Miyamoto, conhecido como Miyamo Shant.

    Curtir

    • ehehe, brigadão Eduardo! Sim, a trilha toda por sinal, eu também não conhecia tão a fundo até fazer o remix, e fiquei até na dúvida de tanta música bonita e ‘deep’ que tem nas outras fases desse shooter.

      Ôpa, e valeu pela informação do compositor, vou agregar ao post.

      Curtir

  3. Nunca ouvi as trilhas nem conheço os jogos, mas gostei pra caramba do remix! Ainda mais porque usa aqueles timbres para a melodia que só uma boa Game Music deveria ter =)

    Curtir

  4. Essa pude escutar em sua fase “beta” na casa de Eric, fiquei pensando que sorte tive por ouvir em primeira mão.

    Que nada, Eric fez é me trapacear, a versão final está bem mais arranjada e diferente da beta.

    Foi ótimo pra ver a origem de uma música como essa, é como uma pintura ou desenho, não faz muito sentido quando se olha o trabalho pela metade, mas quando o trabalho termina você consegue perceber a idéia por trás da obra.

    Parabéns Eric, ficou show a versão e mostra que não tem trilha curta que não possa ficar ainda mais legal com um bom remix.

    Curtir

    • ehehehe, pois é Danilo, quando você viu ela estava toda torta mesmo eheheheh e ainda “too midi” :p

      Então ficou legal ela curta mesmo não foi? Fiquei preocupado por estar demasiadamente curta, que bom. Ah, e ela tem graves merecedores de serem ouvidos naquele seu subwoofer viu, pode aumentar! :D

      Curtir

  5. Putz, que máximo!

    Essa música é a representação perfeita da minha infância com o MSX. Eu joguei muito Zanac, essa é a música que mais me marcou dessa época.

    A versão ficou um estouro, Eric, sensacional! Dos remixes que você fez, acho que este foi o que eu mais gostei.

    Curtir

    • ehehehe, você era certo em ficar doido com a versão, já sabia de sua paixão por Zanac.

      Valeu mesmo Gagá, foi a que mais gostou? Ummm… preciso fazer mais remixes de Phantasy Star… :D

      (promessa e “teaser”: Motavia de PS1 é uma das próximas e com baixo elétrico real tocado por meu irmão, já estraguei a surpresa mas vai de empolgação!)

      Curtir

      • “Valeu mesmo Gagá, foi a que mais gostou? Ummm… preciso fazer mais remixes de Phantasy Star… :D”

        Eu adoro os seus remixes de Phantasy Star! É que sei lá, esse do Zanac eu curti muito mesmo, parece que ficou melhor que a música original, sem puxação de saco.

        Remix do tema de Motávia com baixo elétrico? Ôooo, vai ficar massa! As músicas de PS têm muito “punch”, acho que o baixo real vai fazer diferença.

        Curtir

  6. Demais!
    Eric!
    Zanac era aquela musica que toda vez que via um piano ou teclado queria tirar umas notinhas! Rapazz essa foi a versao HD!
    Muito massa!

    Curtir

  7. Cade Zanac no PS3???

    Curtir

    • haha, tem de um dia sair mesmo um Zanac vs Zanac vs Zanac no PlayStation 3, Andrey! Imagina com os gráficos de hoje… shmup é o gênero que mais se beneficiaria das possibilidades visuais destes consoles novos, e ironicamente praticamente não existem neles, uma pena!

      Curtir

  8. Muuuito bom Eric!

    Aguardando a versão para celular!!

    Abs

    Curtir

  9. Invocado! Eu lembro dessa musica que você introduziu no ReMix, mas quando você encerra o original e joga pro Remix, como sempre, fica muito louco! Dá vontade de gritar Ahooooooooooooo! :-) Mas não encerra só na introdução, passando pra parte seguinte, adorei o que você fez na bateria e um som tipo piano eletrônico no fundo. Faz tempo que eu não toco… Teclado diacho! Vai pensar besteira… AuhAUhauhAUhAUhauhAUHAUHauha Mas o meu Yamaha ta mais pra lá do que pra cá. Se um dia eu conseguir um emprego que preste, eu compro um que preste.
    AUHAUHAUHAUHAUHAUHAUHA
    Muito louco esse remix.

    Curtir

    • ehehehehe, esse cara é uma figura. Olha lá, dá pra fazer um bom estrago game-musístico com um PSR viu…… pra mim, foi onde tudo começou por sinal.

      Valeu, bom que curtiu!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: